Agilidade no atendimento aos municípios fortalece ações do Governo. Foto: Jaelson Lucas/AEN

Agilidade no atendimento aos municípios fortalece ações do Governo

O Escritório Regional de Curitiba e Região Metropolitana e Litoral do Paranacidade, órgão vinculado à Secretaria do Desenvolvimento Urbano e de Obras Públicas, operou mais de R$ 196 milhões em projetos nos municípios desde o dia 18 de março, quando teve início o trabalho remoto por causa do coronavírus.

Os bons resultados vieram com o aprendizado no uso de ferramentas para o trabalho à distância e que são empregados na análise dos projetos, nos procedimentos para a emissão dos editais de licitação, na assinatura de contratos e convênios e no acompanhamento das obras.

“Ganhamos em agilidade. Com a resposta rápida, e ao fazer os recursos chegarem à população pela conclusão de obras e aquisições, o Governo do Paraná e o Paranacidade se fortalecem”, afirma o gerente desse Escritório Regional, Luiz Antonio Xavier.

Parte desses recursos (R$ 39,30 milhões) corresponde a ações de medições. Na prática, significam o pagamento de obras e aquisições em andamento e a garantia da continuidade da execução dos projetos.

Novos recursos também foram autorizados, com a entrega de autorizações para licitação, que libera as prefeituras a iniciarem o processo de seleção dos fornecedores, no valor de R$ 77,16 milhões, e de editais de autorização para homologação (R$79,63 milhões), com origem no Tesouro do Estado e no Sistema de Financiamento aos Municípios (SFM).

DIVERSIDADE - O conjunto desses projetos mostra a diversidade das demandas dos municípios para a promoção do desenvolvimento urbano. Os recursos aprovados se destinam a aquisições de veículos e equipamentos rodoviários e contratação de obras para a pavimentação de vias urbanas e estradas vicinais, ou construção de terminal rodoviário, complexos esportivo, creche, escola municipal, Centro de Atendimento à Infância e Adolescência, pavilhão comercial e praça, além de projetos de urbanização com a requalificação de calçadas.

Luiz Antonio Xavier explica que o atendimento aos 35 municípios cobertos pelo ER tem uma forte base na tecnologia. Entre as ferramentas que auxiliam nas rotinas estão o Portal dos Municípios, o SEDU-Paranacidade Interativo e o e-Protocolo, do Governo do Estado.

“É mais trabalhoso, mas permite ganhos em produtividade, além da economia de tempo e de recursos. Os ganhos que tivemos deverão fazer parte do nosso trabalho daqui para frente. O trabalho a distância será mesclado com visitas presenciais”, afirma.

ACOMPANHAMENTO - Não são apenas os programas desenvolvidos exclusivamente para as ações governamentais que fazem parte do dia a dia. Os técnicos do Paranacidade mantêm grupos em aplicativos de mensagens para acompanhar a execução dos projetos nos municípios.

“Cada obra tem um grupo específico. Foi a forma encontrada para estarmos sempre presentes. Com a troca de mensagens, fotografias e documentos sabemos, em tempo real, das dificuldades e dos problemas enfrentados e fazemos tudo o que nos é possível fazer para auxiliar e dar continuidade a cada etapa”, explica Xavier.

“Ganhamos mais segurança com os aplicativos. O Governo do Paraná e o Paranacidade se fortalecem ao dar a resposta adequada com velocidade, ao fazer com que os recursos cheguem à população via a conclusão das obras e aquisições. Tudo deverá ser incorporado à cultura do Paranacidade”, assegura.



Saiba mais sobre o trabalho do Governo do Estado em:
http:///www.facebook.com/governoparana e www.pr.gov.br
Agilidade no atendimento aos municípios fortalece ações do Governo. Foto: Jaelson Lucas/AEN
Acesse a galeria de fotos
Recomendar esta notícia via e-mail:

CAPTCHA imageRecarregar CAPTCHA
Encontrou algum erro
Paraná informa