Contratação de bolsistas vai reforçar o atendimento da saúde. Foto: Gilson Abreu/AEN

Contratação de bolsistas vai reforçar o atendimento da Saúde

O Governo do Estado abriu nesta sexta-feira (20) um edital para a contratação imediata de profissionais e estudantes da área da saúde para reforçar as ações preventivas e os esclarecimentos sobre o coronavírus no Paraná. Serão destinados R$ 8 milhões para o pagamento dos bolsistas.

Eles participarão das atividades de extensão, que incluem a criação de uma central de informações para tirar dúvidas da população, atendimentos nos postos de fronteira e reforço das equipes de saúde.

O Programa de Apoio Institucional para Ações Extensionistas de Prevenção, Cuidados e Combate à Pandemia do Coronavírus será desenvolvido em parceria entre a Superintendência Estadual de Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, a Secretaria de Estado da Saúde, a Fundação Araucária e as universidades.

Além dos profissionais, também serão chamados estudantes dos dois últimos anos da graduação e da pós-graduação de cursos superiores da área de saúde.

“Precisamos mobilizar todas as forças da nossa sociedade”, afirmou o superintendente de Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, Aldo Bona. “Este edital busca ampliar a capacidade de trabalho das Unidades de Saúde nas diversas regiões do Estado do Paraná, com a colaboração de estudantes e recém-formados na área da Saúde”, explicou.

INSCRIÇÕES - As inscrições podem ser feitas pelo link http://setipr.net.br/covid19/ e o envio da documentação é todo online. A divulgação dos resultados e a contratação começam na próxima terça-feira (24), respeitando a ordem de inscrição. Serão contratados 788 bolsistas nesta primeira fase.

O edital completo está disponível nos sites da Superintendência de Ciência, Tecnologia e Ensino Superior. , da Fundação Araucária e das universidades estaduais.

TRABALHO – Parte dos bolsistas atuará na Central de Informações, fazendo o atendimento telefônico e por meios digitais para esclarecer dúvidas e fornecer informações relacionadas à prevenção, cuidados com a saúde e combate à pandemia.

Outra ação será desenvolvida por enfermeiros e técnicos de enfermagem nas divisas rodoviárias do Estado. Eles ajudarão no monitoramento da condição das pessoas que passam pelos 33 postos de atendimento da Agência de Defesa Agropecuária do Paraná (Adapar).

Também está prevista a chamada de profissionais (médicos, enfermeiros e técnicos de enfermagem) para atuar em unidades de saúde, hospitais e outros estabelecimentos da Regionais de Saúde do Estado. Vão prestar orientações, cuidados e combate ao coronavírus.

Os bolsistas reforçarão, ainda, o trabalho do Laboratório Central do Estado (Lacen) e do Centro de Informações Estratégicas em Vigilância em Saúde (Cievs).

CIDADES - As cidades polos atendidas inicialmente serão Curitiba, Londrina, Maringá, Cascavel, Ponta Grossa, Guarapuava, Francisco Beltrão, Bandeirantes, Foz do Iguaçu e Paranaguá. As universidades de cada região darão o suporte às ações.

Leia também:

Governo convoca profissionais da saúde aprovados em concurso

Estudantes de Medicina vão atuar na Ouvidoria da Saúde do Paraná

 



Saiba mais sobre o trabalho do Governo do Estado em:
http:///www.facebook.com/governoparana e www.pr.gov.br
Contratação de bolsistas vai reforçar o atendimento da saúde. Foto: Gilson Abreu/AEN
Acesse a galeria de fotos
Recomendar esta notícia via e-mail:

CAPTCHA imageRecarregar CAPTCHA
Encontrou algum erro