O afastamento será com ônus limitado, ou seja, durante o período de estudos os docentes vão continuar recebendo o salário e demais benefícios. 
Foto: SEED

Professores serão liberados para estudos no Exterior

A Secretaria de Estado da Educação e do Esporte irá liberar até 62 professores da rede estadual de ensino selecionados para cursos de aperfeiçoamento pedagógico no Exterior por meio dos programas de intercâmbio Capes e Fulbright.

O afastamento será com ônus limitado, ou seja, durante o período de estudos os docentes vão continuar recebendo o salário e demais benefícios. 
São três programas internacionais de formação continuada aos quais os professores da rede estadual do Paraná poderão concorrer: Programa de Desenvolvimento Profissional de Professores da Educação Básica no Canadá (Edital 31/2019 Capes); Programa de Desenvolvimento Profissional de Professores de Língua Inglesa nos EUA – PDPI (Edital 30/2019 Capes) e Programa de Aperfeiçoamento para Professores de Língua Inglesa nos EUA (Fulbright).

Os intercâmbios têm duração entre 6 e 8 semanas e acontecem entre os meses de junho e agosto – com exceção do Fulbrignt, que tem duração de 6 meses.

Durante esse período, professores de diferentes disciplinas viajarão para o Canadá e Estados Unidos para participar de cursos de inglês, gestão de sala de aula (práticas metodológicas, planejamento de aula e uso de tecnologias em educação) e temáticas voltadas ao processo de ensino e aprendizagem.

Saiba mais sobre os programas e prazos para participar da seleção:

Programa de Desenvolvimento Profissional de Professores de Língua Inglesa nos EUA – PDPI (Edital 30/2019).Veja no link https://fulbright.org.br/edital/pdpi-professores-de-ingles

A iniciativa oferece curso intensivo em universidades nos Estados Unidos, com atividades acadêmicas e culturais. O programa tem duração de 6 semanas (entre junho e agosto) e será ofertado através da parceria Capes e Comissão Fulbright. 
Para todo o Paraná, há um total de 18 vagas para professores de escolas públicas, municipais e estaduais. Há ainda 20 vagas previstas especificamente para professores de escolas cívico-militares de todo o Brasil.

Programa de Desenvolvimento Profissional de Professores da Educação Básica no Canadá (Edital 31/2019). Veja no link capes.gov.br/educacao-basica/cooperacao-internacional/programa-de-desenvolvimento-de-profissionais-da-educacao-basica-no-canada

O programa, realizado pela Capes, prevê curso de aperfeiçoamento de Língua Inglesa e temáticas voltadas ao processo de ensino e aprendizagem. O curso tem duração de 8 semanas (entre junho e julho) e será promovido pelo Colleges and Institutes Canada. São 20 vagas direcionadas para professores das redes municipais e estaduais dos três estados da região Sul do país.

Programa de Aperfeiçoamento para Professores de Língua Inglesa nos EUA (Fulbright DAI). Confira no link https://fulbright.org.br/edital/chamada-institucional-fulbright-dai-2020

É uma iniciativa do Departamento de Estado dos Estados Unidos, por meio da Comissão Fulbright, que oferece a professores efetivos de inglês do ensino médio regular da rede pública um curso nos Estados Unidos sobre as melhores práticas em metodologias de ensino, planejamento de aula e uso de tecnologias em educação.

Com duração de 6 meses, o programa oferta um número máximo de 4 vagas para a rede estadual do Paraná.

COMPROMISSO - O afastamento com ônus limitado para professores da rede estadual que forem aprovados nos programas poderá ser concedido pela Secretaria da Educação de acordo com o definido no Decreto Estadual 444/1995. Para tanto, o professor deverá assumir o compromisso de participar como formador em eventos, seminários, cursos e webconferências, quando convocado pela Seed, durante um ano, e de compartilhar e aplicar os conhecimentos adquiridos durante sua formação no exterior na instituição de ensino da rede estadual em que estiver atuando.



Saiba mais sobre o trabalho do Governo do Estado em:
http:///www.facebook.com/governoparana e www.pr.gov.br
O afastamento será com ônus limitado, ou seja, durante o período de estudos os docentes vão continuar recebendo o salário e demais benefícios. 
Foto: SEED
Acesse a galeria de fotos
Recomendar esta notícia via e-mail:
Encontrou algum erro