10/01/2020  Guaratuba, no Parque de Eventos, o cantor de funk Jerry Smith, que está entre os artistas mais tocados nas rádios do País no ano passado.Foto Gilson Abreu/aen

Shows, esporte e redução da criminalidade marcam o Verão Maior

Em um mês de operação, o Verão Maior 2019/2020 apresentou a maior programação de entretenimento do litoral do estado da história. Cerca de 90 mil pessoas alcançadas pelos shows do Palco Verão Maior, além de outras milhares beneficiadas com mais serviços de saúde, segurança, saneamento e lazer.

Além disso, os moradores do Litoral e os turistas podem desfrutar das praias mais limpas do país.

O balanço de 30 dias (de 21 de dezembro de 2019 a 20 de janeiro de 2020) aponta ainda a redução de homicídios (-33,33%).

Os resultados foram divulgados nesta sexta-feira (24), em Matinhos, pelo coordenador-geral do Verão Maior e secretário de Estado da Segurança Pública, Romulo Marinho Soares.

“A população está bem satisfeita com nossa atuação. Os índices de criminalidade, afogamentos, e roubos baixaram bastante, e isso é resultado do planejamento e do trabalho integrado”, disse.

ENTRETENIMENTO – O espetáculo da Virada de Ano com a maior queima de fogos do Litoral já apontou que a temporada seria recheada de atrações. Os shows do Palco Verão Maior que acontecem a cada sexta-feira de janeiro simultaneamente em Matinhos e Guaratuba ficaram lotados a cada atração.

Cantores como Michel Teló, Jerry Smith, e as duplas sertanejas Pedro Paulo e Alex e César Menotti e Fabiano, atraíram um público estimado de 90 mil pessoas. A organização, segurança e o horário do espetáculo foram os pontos mais elogiados pelos moradores locais e veranistas.

Com a realização e patrocínio da Renault do Brasil e o apoio do Governo do Estado, os eventos foram gratuitos aos moradores e veranistas que garantiram com antecedências suas pulseiras de acesso. Para que os eventos transcorressem com tranquilidade e segurança, os locais de show tiveram a capacidade máxima de lotação de 8 mil pessoas em Guaratuba e de 20 mil pessoas em Matinhos. A entrega das pulseiras foi limitada a duas por CPF, uma medida para evitar aglomeração excessiva.

O projeto que originalmente tem o nome de “Cinema na Praça” e percorre o Paraná levando arte, cultura, diversão e entretenimento aos diversos municípios do Estado, chegou no Litoral e, durante o Verão Maior 2019/2020, ganhou o apelido carinhoso de “Cinema na Praia”.

Nas praças de Matinhos e Pontal do Paraná, o Cinema na Praia levou mais de 5 mil pessoas a viajarem no mundo da imaginação. A atração percorreu 10 balneários do Litoral e, além de sessões gratuitas, trouxe aulas de zumba e outras atividades.

SEGURANÇA – Pela Polícia Civil, por conta do reforço de diligências e de ações integradas, comparando os primeiros 30 dias desta temporada com a anterior, os roubos caíram 43,75% (de 64 reduziu para 36), os furtos tiveram uma queda de 9,22% (412 foi para 374) nas cidades de Matinhos, Guaratuba e Pontal do Paraná.

Os homicídios reduziram de três para dois casos, e nas duas situações os autores dos crimes acabaram presos. Os casos de lesão corporal também tiveram queda de 19,59% (de 97 caiu para 78). Operações também foram desencadeadas com os grupos especiais (COPE e o Grupo Tigre), com o suporte aéreo do Grupamento de Operações Aéreas da Polícia Civil (GOA).

A Polícia Militar intensificou as ações ostensivas e fez operações nos acessos dos municípios do Litoral para impedir a entrada de drogas e armas.

A média diária de encaminhamentos, prisões e lavraturas de Termos Circunstanciados nas Subáreas de Matinhos, Pontal do Paraná e Guaratuba foi de 17, totalizando 524 encaminhamentos. As abordagens e fiscalizações das equipes policiais permitiram a apreensão de 24 armas de fogo, material que poderia ser utilizado em dezenas de crimes.

Nas praias, os guarda-vidas do Corpo de Bombeiros fizeram 423 salvamentos no mar (incidentes em meio líquido), e salvaram 599 pessoas. Graças ao trabalho preventivo, os números são menores se comparados com o mesmo período do ano passado, quando foram 498 salvamentos e 667 pessoas salvas. O maior destaque é a redução das mortes por afogamento, que chegaram a 80% a menos (de cinco reduziu para um), o menor índice dos últimos 4 anos. Os acidentes com água-viva e caravelas mais que duplicaram no período (de 990 saltou para 3.493).

“Reduzimos esse ano o número de salvamentos em menos 15% em comparação a 2019. É uma redução bem significativa. Aumentamos o número de orientações, isso significa que  estamos muito mais pró-ativos e orientativos”, disse o comandante do 8° Grupamento de Bombeiros (8°GB), major Jonas Emmanuel Benghi Pinto.

Pela Polícia Científica, houve 418 exames periciais, sendo 218 em Matinhos e 200 em Paranaguá. “A Polícia Científica faz, além do trabalho pericial, ação integrada com outras forças de segurança para prestar o melhor serviço à população”, destacou o perito criminal Michel Rodrigues.

SAÚDE – Por meio de um repasse de R$ 5,8 milhões, a Secretaria Estadual da Saúde reforçou os plantões das unidades hospitalares com a contratação de mais profissionais para atuar, também, nos ambulatórios, unidades de saúde, ambulâncias de suporte avançado, Samu, Siate e Central de Regulação Médica.

O combate à dengue também recebeu atenção e os profissionais prestaram apoio aos servidores municipais nas inspeções de vigilância sanitária e ambiental.

BALNEABILIDADE – De acordo com os estudos feitos pelos técnicos do Instituto Água e Terra, todas as praias do Paraná têm boas condições para banho. Semanalmente são analisados 49 pontos da faixa litorânea para avaliar a qualidade da água para banho. São monitorados 49 pontos de toda a orla: 13 em Guaratuba, 14 em Matinhos, 11 em Pontal do Paraná, 6 na Ilha do Mel, 3 em Morretes e 2 em Antonina.

VOO PELA VIDA – Em apoio à Polícia Militar, ao Corpo de Bombeiros e a Secretaria da Saúde, o Batalhão de Polícia Militar de Operações Aéreas cumpriu diversas missões, seja em operações policiais ou transportando vítimas de afogamentos e pacientes em situação grave.

Nesta temporada, o helicóptero voou 28 vezes para levar vítimas a unidades hospitalares, e atendeu 33 pessoas em ocorrências.

NOTA PARANÁ – O serviço gratuito do programa Nota Paraná já alcançou 1.930 pessoas, ou seja, 330 usuários a mais que o mesmo período do ano passado.

ESPORTE – A Superintendência do Esporte levou alegria e muita diversão. Jogos, brincadeiras com as crianças, dança e até esportes mais radicais, como a tirolesa, levaram milhares de pessoas para os seis postos de atendimento em Matinhos, Guaratuba e Pontal do Paraná. Foram 124.900 atendimentos feitos desde o dia 8 de janeiro até o dia 21.

“A equipe de esportes da Superintendência de Esportes, com este trabalho integrado, teve uma grande evolução entre esse ano para o ano passado. Fizemos uma grande ação com a saúde com a ação constante de prevenção à dengue. Então tudo isso vem impulsionando essas ações”, explicou o coordenador do Verão Maior pelo Esporte, Tiago Campos.

RODOVIAS – Os acidentes de trânsito nas rodovias estaduais tiveram redução de 21,1% (de 71 reduziu para 56) e uma pequena diminuição de 7,75% de pessoas feridas (de 52 para 48) de 21 de dezembro até dia 20 de janeiro deste ano comparado com o mesmo período da temporada anterior.

Acidentes envolvendo carros foram os que mais reduziram (de 70 foi para 43), ou seja, uma redução de 38,6%. As ações de combate à embriaguez ao volante resultaram em 31 infrações lavradas e 22 prisões por este tipo de crime.

TRÂNSITO – A atuação dos servidores do Detran com ações de educação de trânsito chegaram a 5.741 pessoas em 30 dias. As atividades envolveram o público infantil com o jogo de realidade virtual, e também os adultos com as abordagens, entrega de material educativo e testes de etilômetro descartável em bares e restaurantes para alertar dos perigos da embriaguez ao volante.

ÁGUA – A Sanepar produziu mais de 2,5 milhões de água tratada para a população e coletou 342 toneladas de lixo das areias. As equipes também promoveram atividades na areia, com os serviços de Ecoduchas (69.559 atendimentos) e de cadeiras anfíbias (186 atendimentos). Houve ainda ações de educação ambiental com ônibus Ecoexpresso, com 1.457 visitações.

Para Rafael Leite, responsável pelas atividades da Sanepar no Verão Maior, além de mais serviços, a empresa colaborou para a abrir vagas de trabalho. “Estamos gerando mais empregos esse ano, temos 84 coletores, ano passado eram 58, e também pode ser resultado da ação continuada de educação ambiental, desenvolvendo maior consciência ambiental da população”, disse.

ENERGIA – Os atendimentos da Copel aumentaram. Os empréstimos de bicicletas foi de 765 para 964, um acréscimo de 26%. Já os empréstimos de patinetes subiram 58% (de 602 foi para 950). As estações Copel, distribuídas em Matinhos, Guaratuba e Pontal do Paraná, fizeram 1.495 atendimentos, além de outros 11.096 feitos nas agências de atendimentos dos municípios do Litoral.

SEJUF - A Secretaria da Família, Justiça e Trabalho atuou com mais intensidade neste verão. Foram promovidas atividades para prestar serviços ao cidadão, como oportunidade de acesso ao mercado de trabalho e ações educativas de proteção à mulher e à criança.

“Em todas essas ações alcançamos um público estimado, até o presente momento, de 8.500 pessoas, com o encaminhamento de vagas de emprego de mais de 350 pessoas, e também os direitos e garantias fundamentais da mulher tivemos mais de 125 atendimentos”, destacou Heverton Diniz.



Saiba mais sobre o trabalho do Governo do Estado em:
http:///www.facebook.com/governoparana e www.pr.gov.br
10/01/2020  Guaratuba, no Parque de Eventos, o cantor de funk Jerry Smith, que está entre os artistas mais tocados nas rádios do País no ano passado.Foto Gilson Abreu/aen
Acesse a galeria de fotos
Recomendar esta notícia via e-mail:

CAPTCHA imageRecarregar CAPTCHA
Encontrou algum erro