Equipe de limpeza que vai trabalhar durante o Verão Maior.
Foto: Sanepar

Sanepar já começou o trabalho de limpeza da areia das praias

O serviço de limpeza das praias já começou a ser feito pela Sanepar. A atividade integra a programação do projeto Verão Maior, criado pelo Governo do Estado para garantir mais conforto e segurança aos veranistas que frequentam o Litoral paranaense.

Diariamente equipes da Sanepar fazem a coleta manual dos resíduos das praias, num trecho de 48 quilômetros de areia. O material recolhido é transportado pelas prefeituras para local adequado. Além do serviço de limpeza, a estatal também promove atividades de educação socioambiental.

No sábado (21), o diretor de Meio Ambiente e Ação Social da Sanepar, Julio Gonchorosky, participou da abertura oficial do Verão Maior  juntamente com o vice-governador Darci Piana, secretários de Estado e prefeitos do Litoral. Ele destacou os investimentos na companhia na região.

“O serviço de coleta e tratamento de esgoto no Litoral faz com o que o Paraná tenha as praias mais limpas do Brasil, com maior balneabilidade. Cumprimos, assim, nossa função principal que é levar qualidade de vida e saúde à população”, disse.

A Sanepar contratou 120 pessoas para o trabalho de limpeza das praias durante o Verão Maior, que termina em 01 de março. O diretor de Meio Ambiente conversou com o pessoal contratado, destacando que a tarefa de cada um é importante para garantir as praias mais limpas. Gonchorosky também reforçou a necessidade do uso racional da água pelo veranistas e do correto descarte do lixo.

ESGOTAMENTO SANITÁRIO - A Sanepar aplicou mais de R$ 44 milhões na melhoria e ampliação do sistema de esgotamento sanitário, que aumenta em mais de 80% o atendimento com coleta e tratamento de esgoto no Litoral.

Foram concluídas as obras de ampliação das estações de tratamento de esgoto de Matinhos e de Ipanema, e da estação elevatória de Guaratuba. Além disso, a Sanepar vistoriou 4.120 imóveis que passaram a ter rede coletora para verificar caixa de gordura e se a ligação está correta.

ABASTECIMENTO - Para o abastecimento de água, a Sanepar implantou dois novos reservatórios em Pontal do Paraná (Balneário Atami e Canoas), fez a recuperação estrutural dos reservatórios de Guaratuba e da Praia Grande, e também da estação de tratamento de água de Matinhos. Em Guaratuba, foram implantados 4 quilômetros de rede de distribuição para reforçar o sistema.

ENERGIA - Para a temporada, a Sanepar instalou geradores de energia nos principais sistemas de abastecimento que asseguram a continuidade do fornecimento de água mesmo em caso de falta de energia elétrica.

No Litoral, a Central de Relacionamento fará atendimento ao cliente de forma presencial nos dias 24 e 31, das 9h às 13h. Dias 25 e 1.o estará fechado.

A Sanepar orienta os proprietários de imóveis na praia para que confiram alguns itens importantes:

Deixe sua conta de água em dia – Se houver débitos pendentes com a Sanepar, pague e peça a religação da água.

Limpe a caixa d’água – Como as casas do litoral costumam ficar fechadas por algum tempo, a água da caixa pode perder sua potabilidade. Por isso, faça a limpeza da caixa d’água do seu imóvel. Entre no site da Sanepar, procure o quadro Informações Gerais, à direita no canto inferior da página, clique no link “limpeza de caixa d’água” e siga as instruções.

Ligue o esgoto à rede coletora – A correta ligação do esgoto da sua casa com a rede coletora da Sanepar é fundamental para evitar vazamentos, infiltrações, mau cheiro, além de danos ao meio ambiente. Para isso, contrate um profissional qualificado, que deverá indicar o local onde a Sanepar irá instalar o ponto para que a ligação seja feita.

Trate a água da piscina – Donos de móveis que têm piscina, mesmo que seja de plástico, precisam cuidar para que ela esteja em boas condições de uso. Inclusive para evitar a proliferação de bactérias. Após encher a piscina, use cloro ou água sanitária para tratar a água na seguinte proporção: Cloro - 1 colher de sopa (15 ml) para cada 1.000 litros de água; Água sanitária - 60 ml para cada 1.000 litros de água.

DENGUE - Elimine os focos do Aedes Aegipty – Dengue mata. Por isso, elimine os criadouros do mosquito Aedes Aegipty, que transmite a dengue, a chikungunya e a zika. Não deixe água parada em lugar nenhum da sua casa, nem limpa nem suja.



Saiba mais sobre o trabalho do Governo do Estado em:
http:///www.facebook.com/governoparana e www.pr.gov.br
Equipe de limpeza que vai trabalhar durante o Verão Maior.
Foto: Sanepar
Acesse a galeria de fotos
Recomendar esta notícia via e-mail:
Encontrou algum erro