A temporada de verão leva muitos turistas para o litoral paranaense, mas também acende o alerta dos municípios com o aumento das chuvas e a possibilidade de desastres. Para preparar as cidades na prevenção e resposta rápida nessas ocorrências, a Coordenadoria Estadual de Proteção e Defesa Civil promoveu nesta sexta-feira (6), em Curitiba, uma capacitação com os coordenadores municipais de Defesa Civil das sete cidades litorâneas.Foto: Ari Dias/AEN

Municípios são capacitados para prevenção de desastres

A temporada de verão leva muitos turistas para o litoral paranaense, mas também acende o alerta dos municípios com o aumento das chuvas e a possibilidade de desastres. Para preparar as cidades na prevenção e resposta rápida nessas ocorrências, a Coordenadoria Estadual de Proteção e Defesa Civil promoveu nesta sexta-feira (6), em Curitiba, uma capacitação com os coordenadores municipais de Defesa Civil das sete cidades litorâneas.

O objetivo é apresentar a estrutura do Centro Estadual de Gerenciamento de Risco e Desastres (Cegerd), que monitora as condições meteorológicas, acompanha as ocorrências e dá apoio aos municípios, e apresentar as ferramentas que dão suporte e permitem uma resposta rápida em casos de desastres.

A capacitação também faz parte das ações do Verão Maior, que reforça os serviços do Governo do Estado no Litoral e nas praias de água doce do Interior. “Estamos preparando os municípios para agirem em uma situação de desastre, em um momento em que haverá um grande número de pessoas no Litoral, há um aumento nas chuvas e as ocorrências podem se agravar”, afirmou o coordenador estadual da Defesa Civil, coronel Ricardo Silva.

De acordo com ele, uma resposta rápida faz a diferença para a população que está nas áreas de atenção. “Este treinamento faz com que a resposta do Estado e dos municípios seja rápida, competente e o mais eficaz possível”, disse. “O histórico mostra que essa época é bastante sensível na região, com chuvas na Serra do Mar que deságuam naquela área e trazem muitos transtornos às pessoas. Então é necessário se preparar para isso”, salientou.

FERRAMENTAS – A Defesa Civil estadual conta com uma série de ferramentas de monitoramento e alertas meteorológicos, comunicação em casos de desastres e o cadastro das áreas de atenção no Estado, que permitem um trabalho mais eficaz de prevenção.

“Nessa formação, apresentamos aos coordenadores municipais todos os instrumentos que podem ser usados para operacionalizar as ações lá na ponta, para chegar de forma efetiva nas áreas vulneráveis e na população atingida”, explicou o capitão Romero Nunes da Silva Filho, chefe da Divisão de Gestão de Desastres da coordenadoria estadual.

Os gestores municipais têm acesso ao aplicativo do Sistema de Defesa Civil do Paraná (SISDC), que permite o cadastro da população que vive em áreas de atenção, dos abrigos e áreas de atendimento localizados nas cidades. Uma nova funcionalidade foi incluída no aplicativo para permitir o aviso imediato de uma situação de desastres, o que permite uma resposta imediata do Estado.

Também há ferramentas voltadas para a população em geral. A Defesa Civil envia alertas pelo celular, via SMS, para avisar sobre a ocorrência de eventos climáticos severos, para que ninguém seja pego de surpresa em casos de chuvas fortes, vendavais ou outras situações.

Para receber os avisos basta enviar um SMS com o CEP de residência para o número 40199. A Defesa Civil responde a mensagem com uma confirmação do cadastro e envia alertas periódicos sobre situações que requerem atenção redobrada da população.

PARANÁ SOLIDÁRIO – Outra tecnologia desenvolvida pelo Governo do Estado também pode contribuir com os municípios nessas ocorrências, mas com foco na solidariedade. O aplicativo Paraná Solidário, da Secretaria de Estado da Justiça, Família e Trabalho, que faz a ponte entre doadores e instituições sociais, está ganhando uma nova função para incluir a doações quando há situações desastres.

Quando houver uma ocorrência, os doadores cadastrados no aplicativo receberão um alerta para destinar alimentos, roupas, móveis, telhas, produtos de higiene e limpeza a alguma entidade daquele município, que fará o repasse à população atingida.



Saiba mais sobre o trabalho do Governo do Estado em:
http:///www.facebook.com/governoparana e www.pr.gov.br
A temporada de verão leva muitos turistas para o litoral paranaense, mas também acende o alerta dos municípios com o aumento das chuvas e a possibilidade de desastres. Para preparar as cidades na prevenção e resposta rápida nessas ocorrências, a Coordenadoria Estadual de Proteção e Defesa Civil promoveu nesta sexta-feira (6), em Curitiba, uma capacitação com os coordenadores municipais de Defesa Civil das sete cidades litorâneas.Foto: Ari Dias/AEN
Acesse a galeria de fotos
Recomendar esta notícia via e-mail:

CAPTCHA imageRecarregar CAPTCHA
Encontrou algum erro