A empresa Portos do Paraná levou pela primeira vez o projeto Porto em Ação para além do continente. A comunidade beneficiada foi a de Encantadas, na Ilha do Mel. Nesta quarta-feira (4), os moradores tiveram acesso a exames clínicos e vacinação, além de corte de cabelo, aulas de xadrez, orientações sobre qualidade de vida e atividades físicas. Foto: Portos do Paraná

Projeto Porto em Ação muda rotina de comunidade da Ilha do Mel

A empresa Portos do Paraná levou pela primeira vez o projeto Porto em Ação para além do continente. A comunidade beneficiada foi a de Encantadas, na Ilha do Mel. Nesta quarta-feira (4), os moradores tiveram acesso a exames clínicos e vacinação, além de corte de cabelo, aulas de xadrez, orientações sobre qualidade de vida e atividades físicas.

A ideia é tornar a ação periódica em 2020 e estendê-la a outras comunidades, com o objetivo é estreitar a relação com a população que está na área de influência dos Portos de Paranaguá e Antonina. As atividades são desenvolvidas em parceria com Sesc, Senac, 1ª Regional de Saúde do Estado, Secretaria Municipal de Saúde de Paranaguá, Cia Ambiental e Abaline.

“A gente vem fortalecendo a relação com as comunidades”, destaca a bióloga e analista portuária da Portos do Paraná Jaqueline Dittrich. De acordo com ela, intuito é ampliar ainda mais esse envolvimento. “A gente tem feito rodadas de conversas com os moradores das comunidades e diagnósticos socioambientais para começar o ano que vem com projetos para esses moradores” diz.

Para o assessor da presidência da empresa, Felipe Chemure Neto, que vive na Ilha do Mel há mais de duas décadas, essa aproximação é fundamental. “Nós estamos num local que é de difícil acesso, então, o pessoal gosta e participa bastante”, aponta.

É o caso da moradora Cristine Gonzales. “Vim fazer exames e acho muito importante isso porque aqui não tem como fazer, tem que ir para a cidade”. Sabrina Pereira Jorge também participou. “Não é sempre que tem, na verdade é muito rara esse tipo de ação”, disse.

Parceiro da Portos do Paraná, o Sesc levou várias atividades aos moradores de Encantadas, entre elas a oficina de artesanato que envolve a reciclagem. “Ficamos muito felizes pela receptividade que a população tem com a gente, é muito bom esse contato com o pessoal”, disse a técnica de Saúde e Ação Social do Sesc, Katiane Arndt.

Também parceiro, o Senac fez sucesso com os cortes de cabelos e penteados. “As pessoas acabam se reunindo num mesmo local, conversando, conhecendo a estrutura e os demais cursos que o Senac oferece, como os de cabeleireiro, confeitaria, os cursos técnicos, e eles já saem com uma motivação a mais, a autoestima renovada através do cuidado a si mesmos”, destaca o técnico de Relações com o Mercado do Senac, Jaílson Ricardo Gonçalves.

As ações socioambientais da Portos do Paraná envolvem as populações residentes em São Miguel, Piaçaguera, Amparo, Eufrasina, Europinha, Ilha do Teixeira, Vila Maciel, Nova Brasília e Encantadas (Ilha do Mel) e Ilha dos Valadares. No continente, Pontal do Sul, Vila Guarani, Ponta da Pita, Praia dos Polacos e Portinho – as três últimas em Antonina.



Saiba mais sobre o trabalho do Governo do Estado em:
http:///www.facebook.com/governoparana e www.pr.gov.br
A empresa Portos do Paraná levou pela primeira vez o projeto Porto em Ação para além do continente. A comunidade beneficiada foi a de Encantadas, na Ilha do Mel. Nesta quarta-feira (4), os moradores tiveram acesso a exames clínicos e vacinação, além de corte de cabelo, aulas de xadrez, orientações sobre qualidade de vida e atividades físicas. Foto: Portos do Paraná
Acesse a galeria de fotos
Recomendar esta notícia via e-mail:
Encontrou algum erro
Paraná informa