Dezessete integrantes da Polícia Científica do Paraná foram homenageados na Câmara de Vereadores de Curitiba nesta quarta-feira (13). A sessão destacou o recente aniversário de 18 anos da instituição e o trabalho de peritos e auxiliares que atuaram para a elucidação do caso Rachel Genofre,  encontrada morta em uma mala, na rodoferroviária da capital paranaense, há 11 anos. O acusado pelo crime, Carlos Eduardo dos Santos, de 54 anos, foi identificado a partir do banco nacional de dados genéticos.Foto: SESP

Polícia Científica é homenageada na Câmara de Vereadores de Curitiba

 

Dezessete integrantes da Polícia Científica do Paraná foram homenageados na Câmara de Vereadores de Curitiba nesta quarta-feira (13). A sessão destacou o recente aniversário de 18 anos da instituição e o trabalho de peritos e auxiliares que atuaram para a elucidação do caso Rachel Genofre,  encontrada morta em uma mala, na rodoferroviária da capital paranaense, há 11 anos. O acusado pelo crime, Carlos Eduardo dos Santos, de 54 anos, foi identificado a partir do banco nacional de dados genéticos.

Preposição do vereador Bruno Pessuti, a cerimônia contou com a presença do vice-prefeito de Curitiba, Eduardo Pimentel, e do diretor da Polícia Científica, Luiz Grochoki. “Os votos de congratulações e aplausos para a Polícia Científica, feitos pela Câmara Municipal de Curitiba nos motiva a continuar iluminando os caminhos da Justiça, pela ciência e pelo nosso árduo trabalho”, declarou Grochoki.

De acordo com o autor do requerimento, a homenagem ressalta a importância do trabalho feito pela instituição para a sociedade. “É graças ao trabalho feito pela Polícia Científica que, por exemplo, foi resolvido o caso da menina Rachel Genofre. A produção de provas é fundamental para a resolução dos crimes. Que com a maioridade venham mais investimentos do Governo do Paraná na Polícia Científica”, afirmou.

DIPLOMADOS - Além do voto de congratulações, 17 profissionais da corporação receberam diplomas individuais pela participação na solução de Rachel Genofre: Anna Carolina de Moraes Braga, Luciellen d’Avila Giacomel Kobachuk, Paula Eidt Fornari, Alexandre Vrobel, Josiane Brodzinski, Claudia Marina Schellin Becker, Marianna Maia Taulois do Rosário, Leonardo Arduino Marano, Maria Christina Marini, Daniele Ferreira Mayer, Carlos Alberto Peixoto Baptista, Clélia Regina Fila Hamera, Maria Madalena Tomen, Hemerson Bertassoni Alves, Renato Guerra Dall’Stella, Márcio Lopes Vilanova e Silva e Marcelo Malahini.



Saiba mais sobre o trabalho do Governo do Estado em:
http:///www.facebook.com/governoparana e www.pr.gov.br
Dezessete integrantes da Polícia Científica do Paraná foram homenageados na Câmara de Vereadores de Curitiba nesta quarta-feira (13). A sessão destacou o recente aniversário de 18 anos da instituição e o trabalho de peritos e auxiliares que atuaram para a elucidação do caso Rachel Genofre,  encontrada morta em uma mala, na rodoferroviária da capital paranaense, há 11 anos. O acusado pelo crime, Carlos Eduardo dos Santos, de 54 anos, foi identificado a partir do banco nacional de dados genéticos.Foto: SESP
Acesse a galeria de fotos
Recomendar esta notícia via e-mail:
Encontrou algum erro
Paraná informa