Governo lança edital de licitação do projeto de duplicação da PR-445

O Departamento de Estradas de Rodagem do Paraná (DER/PR) publicou nesta quarta-feira (30) o edital de licitação n.º 23/2019 para selecionar a empresa que vai elaborar o projeto de engenharia de restauração e duplicação da PR-445, entre Irerê e Mauá da Serrá, na região Norte do Paraná. A licitação foi anunciada pelo governador Carlos Massa Ratinho Júnior.

“Duplicar a PR-445 entre Irerê e Mauá da Serra foi uma das prioridades que estabeleci quando lançamos o Banco de Projetos Executivos do Paraná, e esse é o primeiro passo. A PR-445 é uma das rodovias mais importantes do nosso estado e com essa obra vamos garantir que ela permaneça assim por um longo tempo”, afirma Ratinho Júnior. Ele destacou que serão contemplados 49 quilômetros e 700 metros, praticamente 50 quilômetros de rodovia restaurados e duplicados.

“Temos um orçamento estimado em R$ 5,6 milhões para realizar esse projeto de engenharia. O porte desse investimento é uma demonstração clara do quanto o governo Ratinho Júnior valoriza o desenvolvimento da infraestrutura, da malha rodoviária estadual”, ressalta o secretário de Infraestrutura e Logística do Paraná, Sandro Alex. “Com essa obra vamos atender uma reivindicação histórica da região Norte. É uma duplicação aguardada há décadas pela população”.

NA PRÁTICA - O projeto tem início no entroncamento com a BR-376, no perímetro de Mauá da Serra, onde serão incorporadas faixas de aceleração e desaceleração dos veículos que fazem conversões pela rodovia federal, sem alterar o viaduto existente.

No acesso ao município de Tamarana e ao distrito de Lerroville deverão construídas interseções em desnível e interligadas por meio de marginais, formando um binário entre as duas. Nos entroncamentos com a PR-538, acesso para Guaravera, e com a PR-532, acesso a Taquaruna, também estão previstas interseções em desnível.

Serão alargadas as seis pontes existentes no trecho e definidas soluções para as estruturas com histórico de alagamento.

“Este projeto é uma das prioridades da fase 1 do Banco de Projetos Executivos, sendo um dos primeiros a serem licitados. Concluídos todos os trâmites, e assinada a ordem de serviço, a empresa vencedora terá 15 meses para concluir o projeto executivo de engenharia”, explica o diretor-geral do DER/PR, Fernando Furiatti.

EDITAL – A licitação de restauração e duplicação da PR-445 entre Irerê e Mauá da Serra acontece na modalidade Seleção Baseada na Qualidade e Custo (SBQC), em que empresas pré-selecionadas são convidadas a apresentar propostas técnicas e de preço. Elas deverão ser entregues em envelopes lacrados diretamente no DER/PR, em Curitiba, até 2 de dezembro, com a abertura dos envelopes agendada para o dia seguinte, e transmitida pela internet. Todas os documentos e informações sobre esta licitação podem ser acompanhados na página Compras Paraná.

A empresa ou consórcio será declarado vencedor de acordo com análise de suas propostas. No caso das propostas técnicas são avaliados três critérios: experiência prévia; adequação da metodologia e plano de trabalho ao proposto no edital; e qualificação dos profissionais participantes na elaboração do projeto. Nas propostas de preço o critério é o menor valor oferecido.

O projeto de engenharia deverá conter estudos de tráfego, estudos geológicos, estudos de segurança de trânsito, estudos hidrológicos e hidráulicos, estudos topográficos, estudos geotécnicos, estudo de estabilidade de taludes, estudo de interferências, avaliação funcional e estrutural do pavimento, projeto geométrico, projeto de interseções, retornos e acessos, projeto de terraplenagem, projeto de drenagem e OAC.

São obrigatário também o projeto de obras de arte especiais, projeto de restauração do pavimento existente e implantação de novos pavimentos, projeto de fundações de aterros e de OAE, projeto de sinalização, projeto de paisagismo, projeto de obras complementares, projeto de estabilização de taludes, plano de controle ambiental, inventário florestal, projeto de desapropriação e cadastro socioeconômico, plano de execução da obra e orçamento.

A elaboração do projeto de engenharia é financiada pelo Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID) e acontece dentro do Programa Estratégico de Infraestrutura e Logística de Transportes do Paraná. O programa tem valor previsto de US$ 435 milhões para as obras e elaboração de projetos, sendo US$ 235 milhões de recursos do financiamento com o BID.

Assim que estiver pronto e for aprovado pelo DER/PR, o projeto será utilizado como base para o edital de licitação de execução das obras.

EM ANDAMENTO – A PR-445 já está sendo contemplada por duas obras do Departamento de Estradas de Rodagem do Paraná atualmente. Entre Londrina e Cambé são revitalizados os pontos críticos de marginais e ruas de acesso à rodovia, em uma extensão de 13 quilômetros. O investimento é de R$ 3,2 milhões. Eentre Londrina e Irerê está em andamento a restauração e duplicação da PR-445, em uma extensão de 15,28 quilômetros. O investimento é de R$ 93,6 milhões.



Saiba mais sobre o trabalho do Governo do Estado em:
http:///www.facebook.com/governoparana e www.pr.gov.br
Acesse a galeria de fotos
Recomendar esta notícia via e-mail:
Encontrou algum erro
Paraná informa