O aplicativo 190 PR, plataforma da Polícia Militar pioneira no Brasil em possibilitar o acionamento de emergência sem ligação telefônica, já possui 17,3 mil usuários em todo o Paraná. A Polícia Militar recebeu 6.584 solicitações, todas atendidas com orientações ou com despacho de uma viatura para o local da ocorrência. Foto:PMPR

Em um ano, aplicativo 190PR tem mais de 17 mil usuários

O aplicativo 190 PR, plataforma da Polícia Militar pioneira no Brasil em possibilitar o acionamento de emergência sem ligação telefônica, já possui 17,3 mil usuários em todo o Paraná. A Polícia Militar recebeu 6.584 solicitações, todas atendidas com orientações ou com despacho de uma viatura para o local da ocorrência.

O balanço de um ano mostra ainda que o aplicativo já está presente em 117 municípios do Estado e, em breve, vai alcançar todas as regiões do Paraná. Os dados foram divulgados nesta quinta-feira (10) pelo Comando da PM.

Desde que o aplicativo começou a funcionar, em outubro de 2018, houve 3.930 acionamentos somente na Capital. A Região Metropolitana concentrou 1.838 demandas, principalmente em Colombo (359), Araucária (335), Almirante Tamandaré (252) e Pinhais (229).

Os casos de perturbação de sossego, que empenham grande parte da atenção da PM, foram os que mais demandaram atendimento pelo aplicativo, com 5.163 acionamentos.

Abordagem de pessoas suspeitas (255), infrações de trânsito (219) e lesão corporal - violência doméstica (186) também foram as naturezas criminais que mais solicitaram a PM pelo aplicativo.

O balanço confirma a eficiência e a confiança na população ao saber que receberá o atendimento de maneira célere. A média de ligações ao 190 caiu aproximadamente 13% em Curitiba e Londrina após a implantação do 190 PR. Segundo o capitão Claudio Prus, integrante do Centro de Operações Policiais Militares (Copom), as pessoas têm optado pelo aplicativo cada vez mais.

A praticidade de acionamento e a expectativa de que o atendimento será mais efetivo deram mais credibilidade à ferramenta. “O aplicativo fornece transparência e controle sobre as informações da ocorrência. O cidadão tem contato constante com o policial durante todo o atendimento por meio de um chat diretamente no aplicativo”, explicou o capitão.

O diferencial, conforme explicou Prus, é que o gerenciamento do atendimento é totalmente transparente, desde o momento do acionamento até o tempo de chegada da viatura policial no local da ocorrência. “A pessoa tem na palma da mão o histórico de tudo o que ela precisou da Polícia Militar, todas as informações e arquivos de mídia ficam armazenados e podem ser futuramente utilizados como materialidade para outras situações”, disse.

Criado por meio de uma parceria entre a PM e a Celepar (Companhia de Tecnologia da Informação e Comunicação do Paraná), o aplicativo foi pioneiro em acionamentos de emergência, sem a necessidade de ligação telefônica ao 190 para solicitar atendimento.

A ferramenta contou com contribuições de técnicos e especialistas, integrantes da Diretoria de Desenvolvimento Tecnológico e Qualidade da PM, do Centro de Operações Policiais Militares (Copom) e da Diretoria de Pessoal da Corporação.

Preliminarmente, em outubro do ano passado, o aplicativo foi lançado para usuários do Android e, em fevereiro deste ano, foi disponibilizado para o sistema IOS, ambos gratuitamente.

A novidade arrastou milhares de pessoas que tinham curiosidade em conhecer o aplicativo. Em um ano, foram feitos 39.943 downloads nas duas plataformas, permanecendo 17.319 usuários ativos.

Dentre os desafios da implantação do sistema no interior do Estado, o maior foi a adaptação para o funcionamento em locais distantes. Foram feitos ajustes e melhorias que aperfeiçoaram a ferramenta para que pudesse funcionar com qualidade mesmo em regiões mais remotas.

INCLUSÃO – A ferramenta foi idealizada para facilitar o contato entre a Polícia Militar e a população, e, segundo o capitão Prus, incluindo pessoas com limitações físicas e não conseguem pedir atendimento por telefone. O aplicativo atende 289 pessoas com alguma limitação auditiva ou sonora. “O aplicativo é acessível tanto para surdos quanto para mudos, e a interação é dinâmica e rápida, para que o usuário possa ser atendido de maneira eficiente”, disse o capitão.

Mesmo com o sucesso, por se tratar de um sistema em constante atualização, outras funcionalidades deverão ser acrescentadas em breve. Uma delas é a possibilidade do solicitante encaminhar áudios durante o cadastro da ocorrência.

TROTES – A eficiência do aplicativo é comprovada com a contabilização de que houve apenas dois trotes em um ano de existência do aplicativo. “O mais importante é que em ambos os casos, os infratores foram identificados pelo Governo Digital, e encaminhados para a Polícia Civil por falsa comunicação de crime. Isso nos deu credibilidade ainda maior, pois sabemos quem é o solicitante, que é real e, assim, o atendimento se torna mais consistente”, afirmou.



Saiba mais sobre o trabalho do Governo do Estado em:
http:///www.facebook.com/governoparana e www.pr.gov.br
O aplicativo 190 PR, plataforma da Polícia Militar pioneira no Brasil em possibilitar o acionamento de emergência sem ligação telefônica, já possui 17,3 mil usuários em todo o Paraná. A Polícia Militar recebeu 6.584 solicitações, todas atendidas com orientações ou com despacho de uma viatura para o local da ocorrência. Foto:PMPR
Acesse a galeria de fotos
Recomendar esta notícia via e-mail:
Encontrou algum erro
Paraná informa