Paraná participa de programa para fortalecer a polícia judiciária.

O vice-governador Darci Piana participou da abertura, junto com o ministro da Justiça, Sérgio Moro, e o secretário da Segurança Pública, Romulo Marinho Soares. O evento terá duração de uma semana e as discussões são direcionadas aos delegados da Polícia Civil do Paraná, a fim de dividir e difundir experiências e boas práticas no combate ao crime organizado, corrupção e lavagem de dinheiro.Foto: Divulgação/SESP

Paraná participa de programa para fortalecer a polícia judiciária

A integração entre a Segurança Pública do Paraná, por meio da Polícia Civil do Paraná, e o Ministério da Justiça avançou mais um passo nesta segunda-feira (16), com a realização, em Curitiba, da 5ª edição do Programa de Fortalecimento das Polícias Judiciárias (PFPJ), da pasta federal, que tem como tema, em sua primeira rodada, Corrupção Sistêmica e Delinquência Institucionalizada.

O vice-governador Darci Piana participou da abertura, junto com o ministro da Justiça, Sérgio Moro, e o secretário da Segurança Pública, Romulo Marinho Soares. O evento terá duração de uma semana e as discussões são direcionadas aos delegados da Polícia Civil do Paraná, a fim de dividir e difundir experiências e boas práticas no combate ao crime organizado, corrupção e lavagem de dinheiro.

Também participaram da abertura dos trabalhos o secretário Nacional de Segurança Pública, Guilherme Theophilo; o delegado-geral adjunto da Polícia Civil do Paraná, Riad Braga Farhat, e 50 delegados criteriosamente escolhidos para participar da capacitação.

“O debate que iniciado aqui se faz muito importante, pois é urgente a necessidade de intensificarmos o combate ao crime organizado e corrupção sistêmica, que agem indistintamente nos diferentes níveis e esferas de nossa sociedade”, afirmou o secretário Romulo Marinho Soares. “Para que o processo de combate à corrupção seja cada vez mais eficaz, “o aperfeiçoamento da atuação da polícia judiciária na investigação de crimes desta natureza é muito importante e necessário. Não podemos deixar que a imprudência e a sensação de impunidade crônica também afete nossas instituições, principalmente a Polícia judiciária, que tem papel significativo neste combate”, afirmou Soares.”

FERRAMENTAS - Em sua palestra, o ministro da Justiça e Segurança Pública, Sérgio Moro, falou sobre protocolos de investigação e citou alguns casos ilustrativos. Dentre as questões, expôs sobre o uso de ferramentas para driblar as criptografias e analogias usadas pelos criminosos. Também ressaltou a necessidade de investir em operações veladas, que geram bons frutos nos Estados Unidos. Ele ressaltou como a integração das forças de segurança tem sido determinante para a redução da criminalidade.

PFPJ - Em um primeiro momento, o Programa de Fortalecimento das Polícias Judiciárias tem como principais objetivos disseminar conhecimento sobre o combate ao crime organizado: lavagem de dinheiro e corrupção sistêmica; sedimentação de autonomia institucional; desenvolvimento de cultura de seletividade de inquéritos policiais e a transferência da expertise no planejamento de grandes operações repressivas, para polícias civis das 27 unidades da Federação.

““As polícias civis e federais tem que conversar entre si, e isso já acorre há muitos anos. Esses eventos são muito importantes, para que a gente troque experiências e conhecimentos de tecnologia e informações”, disse o delegado-geral adjunto, Riad Braga Farhat. “As polícias têm que conversar entre elas por que o crime conversa entre si, os crimes ocorrem nacionalmente e o combate a criminalidade também deve ser nacional””, afirmou.

O programa já passou por Pernambuco, Pará, Espírito Santo e Goiás e capacitou mais de 200 policiais civis. As turmas são compostas por cerca de 70 policiais civis e delegados da região Sul do país. Já as palestras, serão, em sua maioria, ministradas por policiais federais que se especializaram na repressão à alta criminalidade, na condução de grandes casos e no planejamento de megaoperações. Participam delegados federais de três gerações, que foram responsáveis pelas maiores operações policiais realizadas nos últimos 15 anos.



Saiba mais sobre o trabalho do Governo do Estado em:
http:///www.facebook.com/governoparana e www.pr.gov.br
Paraná participa de programa para fortalecer a polícia judiciária.

O vice-governador Darci Piana participou da abertura, junto com o ministro da Justiça, Sérgio Moro, e o secretário da Segurança Pública, Romulo Marinho Soares. O evento terá duração de uma semana e as discussões são direcionadas aos delegados da Polícia Civil do Paraná, a fim de dividir e difundir experiências e boas práticas no combate ao crime organizado, corrupção e lavagem de dinheiro.Foto: Divulgação/SESP
Acesse a galeria de fotos
Recomendar esta notícia via e-mail:
Encontrou algum erro