Governo já retomou 83% das obras paralisadas em outras gestões. Este mês recomeçam os trabalhos no Corredor da Marechal Floriano Peixoto, que era para ter sido entregue na Copa do Mundo de 2014. Outra obra do mundial, o Corredor Rodoferroviária-Aeroporto, passa por perícia e revisão de projeto, com reinício previsto ainda este ano. São José dos Pinhais,  05/09/2019. Foto: Geraldo Bubniak/AEN,Governo já retomou 83% das obras paralisadas em outras gestõesEste mês recomeçam os trabalhos no Corredor da Marechal Floriano Peixoto, que era para ter sido entregue na Copa do Mundo de 2014. Outra obra do mundial, o Corredor Rodoferroviária-Aeroporto, passa por perícia e revisão de projeto, com reinício previsto ainda este ano. São José dos Pinhais,  05/09/2019. Foto: Geraldo Bubniak/AEN

Estado retoma 83% das obras paralisadas em outras gestões

O Governo do Paraná retomou 83% das obras de grande porte, com valores acima de R$ 1,5 milhão, que haviam sido paralisadas em gestões anteriores. A previsão é que até meados de 2020 a maioria esteja concluída ou em processo de execução.

Um grupo de trabalho criado no início de junho e liderado pela Casa Civil acompanha as 43 obras pendentes de conclusão que foram listadas em relatório encaminhado no início do ano ao Tribunal de Contas do Estado. Cálculos atualizados estimam o custo desses projetos em R$ 366 milhões. Desse total, R$ 100 milhões já foram desembolsados.

COPA DO MUNDO - As obras mais emblemáticas – e com valores mais expressivos - são o Corredor Aeroporto-Rodoferroviária e o Corredor da Marechal Floriano Peixoto, ambos em São José dos Pinhais, que deveriam ter sido entregues para a Copa do Mundo do Brasil, em 2014. Juntas, elas somam R$ 71,8 milhões.

Segundo o chefe da Casa Civil, Guto Silva, embora tenham começado em 2012, estavam paralisadas até este ano, quando foram submetidas a perícia e análise técnica e financeira para avaliação e readequação dos projetos. “Ainda este mês vamos retomar a obra do Corredor da Marechal Floriano Peixoto e a previsão é que ela esteja concluída em junho de 2020” afirma.

Já o projeto do Corredor Aeroporto-Rodoferroviária aguarda a conclusão do relatório técnico, que deverá sugerir revisões. As mudanças propostas terão de ser renegociadas com o consórcio executor. “Nossa expectativa é superar esses problemas e reiniciar o corredor na Avenida das Torres até o fim deste ano”, adianta.

EM ANDAMENTO – Das 43 obras que vêm sendo monitoradas pelo grupo de trabalho, 13 são de responsabilidade da Cohapar, 14 da Fundepar e as restantes são das secretarias de Infraestrutura e Logística; Segurança Pública; Justiça, Família e Trabalho; além de Comec, Sanepar, Copel, Unicentro, Unioeste e UEPG.

Todas as obras de habitação já foram retomadas administrativamente, com a elaboração dos projetos de implantação. A construção das unidades começa em dezembro deste ano, com previsão de entrega em setembro de 2020. O mesmo acontece com as 14 obras da Fundepar. Uma delas, a ampliação de um Centro de Educação Profissionalizante, em Curitiba, já está finalizada e as restantes serão retomadas este ano e concluídas até o final do próximo.

Também já estão em andamento as obras de implantação de linha de transmissão da Copel em Almirante Tamandaré e Rio Branco do Sul; a construção do Centro Multiusuário de Pesquisa Avançada da Universidade Estadual de Ponta Grossa; a Sede do Corpo de Bombeiros de Ivaiporã; a pavimentação asfáltica de Irati e o serviço de recuperação estrutural da Sanepar em Curitiba.

O Laboratório de Integração Tecnológica da UEPG está em fase de licitação e o parque urbano de Piraquara que, além das obras da Copa também é de responsabilidade da Comec, passou por adequação de projeto e deve ser retomado no primeiro semestre de 2020.



Saiba mais sobre o trabalho do Governo do Estado em:
http:///www.facebook.com/governoparana e www.pr.gov.br
Governo já retomou 83% das obras paralisadas em outras gestões. Este mês recomeçam os trabalhos no Corredor da Marechal Floriano Peixoto, que era para ter sido entregue na Copa do Mundo de 2014. Outra obra do mundial, o Corredor Rodoferroviária-Aeroporto, passa por perícia e revisão de projeto, com reinício previsto ainda este ano. São José dos Pinhais,  05/09/2019. Foto: Geraldo Bubniak/AEN,Governo já retomou 83% das obras paralisadas em outras gestõesEste mês recomeçam os trabalhos no Corredor da Marechal Floriano Peixoto, que era para ter sido entregue na Copa do Mundo de 2014. Outra obra do mundial, o Corredor Rodoferroviária-Aeroporto, passa por perícia e revisão de projeto, com reinício previsto ainda este ano. São José dos Pinhais,  05/09/2019. Foto: Geraldo Bubniak/AEN
Acesse a galeria de fotos
Recomendar esta notícia via e-mail:
Encontrou algum erro
Paraná informa