O governador Carlos Massa Ratinho Junior disse nesta quarta-feira (22), no lançamento oficial da Superintendência Geral de Diálogo e Interação Social (Sudis), que o Governo do Paraná está aberto ao diálogo e vai trabalhar diariamente para atender as demandas de todos os setores da sociedade, principalmente dos mais necessitados, em respeito ao compromisso com a construção de um Estado moderno e protetivo.Foto: Gilson Abreu/ANPr

Governo amplia interação com todos os setores da sociedade

O governador Carlos Massa Ratinho Junior disse nesta quarta-feira (22), no lançamento oficial da Superintendência Geral de Diálogo e Interação Social (Sudis), que o Governo do Paraná está aberto ao diálogo e vai trabalhar diariamente para atender as demandas de todos os setores da sociedade, principalmente dos mais necessitados, em respeito ao compromisso com a construção de um Estado moderno e protetivo.

Para Ratinho Junior, a iniciativa de criar a superintendência amplia a relação do Estado com todos os segmentos. “É a primeira vez na história que um Governo implementa uma Superintendência nesses moldes, que dá oportunidade para os movimentos sociais falarem de porta aberta, dentro do Palácio Iguaçu, de forma direta e sincera”, afirmou Ratinho Junior.

Em uma solenidade que reuniu cerca de 500 pessoas, o governador disse que a nova superintendência é um braço social do Governo e vai contribuir com várias iniciativas nos próximos anos, como no processo de desfavelamento, de atendimento a populações historicamente marginalizadas e da erradicação da pobreza extrema.

“Esse Governo trabalha para todos. Mas, em especial, para as pessoas invisíveis, aquelas que a sociedade não enxerga, que as pessoas desprezam, acima de tudo aquelas que não têm força para pedir ajuda”, afirmou Ratinho Junior. “A Superintendência vai ligar toda a sociedade. Todos os credos, pensamentos”.

Segundo Ratinho Junior, o objetivo é criar um ambiente pacífico na sociedade, ouvir demandas represadas de vários grupos sociais e servir de exemplo para o País. “Dividir a população é o caminho do retrocesso. As grandes nações do mundo já superaram essa pauta. Nosso Estado foi pioneiro em diversas áreas. Nossa agenda é cuidar das pessoas independentemente da maneira que elas pensam. Esta Superintendência é uma demonstração do caminho que o País precisa tomar”, destacou.

O governador também frisou o perfil receptivo do povo paranaense. “O Paraná é um Estado acima de tudo solidário, que recebe a todos de maneira igual, com muito respeito. Queremos uma sociedade que se respeite e se ame, porque todos nós somos paranaenses”, destacou o governador.

ESTRUTURA INÉDITA - Vinculada diretamente ao gabinete do governador, a Superintendência Geral de Diálogo e Interação Social é fruto da reforma administrativa e tem estrutura inédita no País. Ela funciona como porta de entrada dos movimentos sociais no Estado e vai atender aquelas comunidades que ainda não conquistaram todos os direitos consagrados na Constituição Federal.

O órgão também organiza um grande banco de indicadores sociais junto ao Instituto Paranaense de Desenvolvimento Econômico e Social (IPARDES) e à Celepar para diagnosticar cientificamente os grandes deficits do Estado, e atua junto aos diversos conselhos estaduais para fortalecer os vínculos sociais das políticas públicas.

CIDADANIA - Responsável pela superintendência, o antropólogo Mauro Rockembach diz que o órgão funciona com transversalidade para levar as demandas dos grupos sociais para as secretarias responsáveis pelos pleitos. “É uma visão de sensibilidade do governador, que não esquece que tudo é feito em função das pessoas. A Sudis é a grande porta de entrada para a sociedade civil organizada. Para projetos e iniciativas de inúmeras instituições e órgãos do terceiro setor”, afirmou. “Vamos ouvir as pessoas e as demandas porque esse é um Governo adepto do controle social e da transparência”.

Para o procurador de Justiça Olympio de Sá Sotto Maior Neto, coordenador do Centro de Apoio Operacional das Promotorias de Justiça de Proteção aos Direitos Humanos, do Ministério Público do Paraná, a nova superintendência é um espaço de diálogo aberto em um momento em que a sociedade não pode abdicar da comunicação. “O Ministério Público elogia a iniciativa do governo de ter um espaço específico para tratar da construção de uma sociedade efetivamente justa e solidária como quer o texto constitucional. A Sudis terá olhos e coração para enxergar os invisíveis, os ignorados, aqueles que aguardam a promessa de cidadania que ainda não chegou ao cotidiano de milhões de paranaenses”, apontou.

Roberto Baggio, coordenador do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra do Paraná, disse que a Superintendência Geral de Diálogo e Interação Social vai ajudar a construir soluções para resolver de forma paulatina todos os problemas sociais do Estado. “É uma iniciativa positiva que busca o diálogo e assim as soluções para atender a população mais empobrecida. O Governo agora dispõe de uma estrutura institucional para conduzir essas políticas públicas”, afirmou.

FUNDO ESTADUAL – Na cerimônia no Palácio Iguaçu, o governador Ratinho Junior também autorizou o repasse de R$ 2 milhões da Secretaria da Fazenda para o Fundo Estadual de Promoção da Igualdade Racial. É a primeira liberação de recursos para um fundo dessa natureza no País.

Segundo o presidente do Conselho Estadual da Promoção da Igualdade Racial, Saulo Dorval da Silva, os recursos vão viabilizar ações prioritárias no combate ao racismo e intolerância. “É um marco da administração pública brasileira. O Conselho representa 28% da população paranaense, que é o Estado do Sul que mais possui representatividade negra. Esses R$ 2 milhões permitirão atender todas as demandas de ações afirmativas”, afirmou.

PRESENÇAS – Estiveram presentes na cerimônia a primeira-dama, Luciana Saito Massa; o chefe da Casa Civil, Guto Silva; os secretários de Desenvolvimento Urbano e Obras Públicas, João Carlos Ortega, e da Comunicação e Cultura, Hudson José; os deputados estaduais Hussein Bakri, Wilmar Reichembach, Coronel Lee e Goura; além de vereadores de Curitiba e lideranças das comunidades-alvo do trabalho da Superintendência.



Saiba mais sobre o trabalho do Governo do Estado em:
http:///www.facebook.com/governoparana e www.pr.gov.br
O governador Carlos Massa Ratinho Junior disse nesta quarta-feira (22), no lançamento oficial da Superintendência Geral de Diálogo e Interação Social (Sudis), que o Governo do Paraná está aberto ao diálogo e vai trabalhar diariamente para atender as demandas de todos os setores da sociedade, principalmente dos mais necessitados, em respeito ao compromisso com a construção de um Estado moderno e protetivo.Foto: Gilson Abreu/ANPr
Acesse a galeria de fotos
Recomendar esta notícia via e-mail:
Encontrou algum erro
Paraná informa