O governador Carlos Massa Ratinho Junior afirmou nesta sexta-feira (12), em encontro com prefeitos de cidades da região Norte, realizado na ExpoLondrina, que o programa de transferência da sede administrativa para cidades do interior fortalece a presença do governo junto à população e agiliza o encaminhamento das demandas regionais.  -  Londrina, 12/04/2019  -  Foto: Rodrigo Félix Leal/ANPr

Governo reforça presença no Interior para agilizar ações do Estado

O governador Carlos Massa Ratinho Junior afirmou nesta sexta-feira (12), em encontro com prefeitos de cidades da região Norte, realizado na ExpoLondrina, que o programa de transferência da sede administrativa para cidades do Interior fortalece a presença do governo junto à população e agiliza o encaminhamento das demandas regionais.

“O atendimento feito pessoalmente aos cidadãos, prefeitos e lideranças facilita que se tome as decisões acertadas, se façam investimentos mais precisos e se encaminhe com mais agilidade as ações do Estado”, afirmou Ratinho Junior. O evento com os prefeitos fez parte da agenda de trabalho da equipe de governo em Londrina, que nesta semana foi a sede administrativa do Executivo.

Na reunião, o governador repassou cerca de R$ 21 milhões aos municípios para projetos de diversas áreas. Para melhorias urbanas foram R$ 9,3 milhões, e cerca de R$ 6,3 milhões foram destinados para a saúde. Na área de educação, Ratinho Junior liberou R$ 6 milhões para retomada da construção dos Centros Estaduais de Educação Profissional de Ibiporã e de Londrina. Também foram autorizados investimentos em infraestrutura rodoviária e meio ambiente, além da regularização fundiária de áreas ocupadas por 150 famílias.

A reunião contou com a participação de prefeitos das associações de municípios do Médio Paranapanema (Amepar), do Norte do Paraná (Amunop) e do Norte Pioneiro (Amunorpi). “Trazer a estrutura do Governo para o Interior deixa o governo mais próximo das pessoas e ajuda a resolver os problemas de forma mais rápida”, reforçou Ratinho Junior.

Ele destacou que vários municípios da região estão sendo beneficiados com as liberações e investimentos do Estado, que incluem, também, o incentivo ao setor produtivo por meio do BRDE. “Sozinhos, os municípios não conseguem fazer tudo o que é necessário. Nossa ideia é ser parceiro das prefeituras para que elas possam ter estrutura para atender o crescimento das cidades e para apoiar o setor empresarial que gera empregos no Paraná”, destacou.

DEMANDAS – A presença do Governo do Estado em Londrina nesta semana foi importante para discutir demandas da região, como as obras de infraestrutura que garantem o desenvolvimento da segunda maior cidade paranaense, avaliou o prefeito Marcelo Belinati.

“Temos de pensar na região como um todo. O governador anunciou obras estruturantes que beneficiam o município e toda a região e que darão a Londrina a infraestrutura necessária para continuar a receber grandes indústrias e crescer economicamente”, destacou.

Ele citou a continuidade da duplicação da PR-445, os estudos para o Contorno Norte de Londrina, os novos viadutos e o aeroporto regional que foi incluído no programa de concessões do Governo Federal. A prefeitura de Londrina também vai investir R$ 319,8 mil em recape asfáltico, sendo R$ 139,2 mil com recursos do Estado, a fundo perdido.

SEGURANÇA - O prefeito de Arapongas e presidente da Amepar, Sérgio Onofre, aproveitou a presença do governador para apresentar projetos da área de segurança pública. “Diz respeito ao projeto Muralha, que busca reforçar a segurança dos municípios até a divisa com São Paulo”, explicou. “Esta integração do governo e a aproximação das secretarias com as prefeituras ajudam a resolver os problemas”, disse.

Presidente da Amunop, o prefeito de Sertaneja, Jamison Donizete, explicou que entre as propostas levadas para discussão com o governador está o turismo da região. “Em nosso plano de desenvolvimento há uma pauta específica para o turismo, com a construção de empreendimentos hoteleiros que atrairão mais visitantes para as nossas cidades”, disse.

MELHORIA URBANA – Os recursos da Secretaria de Estado do Desenvolvimento Urbano beneficiam os municípios das regiões Norte, Norte Pioneiro e do Vale do Ivaí. São eles: Apucarana, Arapongas, Centenário do Sul, Faxinal, Ibaiti, Itambaracá, Jacarezinho, Jandaia do Sul, Jataizinho, Leópolis, Marilândia do Sul, Nova América da Colina, Nova Fátima, Nova Santa Bárbara, Pinhalão, Quatiguá, Ribeirão Claro, Ribeirão do Pinhal, Rolândia, Rosário do Ivaí, Santa Amélia e Santo Antônio da Platina.

O secretário do Desenvolvimento Urbano, João Carlos Ortega, destacou que o Estado observa as necessidades de cada município. “Os recursos autorizados são para a compra de veículos, caminhões e maquinário pesado, além de obras que impactam diretamente na vida das pessoas, como a pavimentação de ruas e construção de espaços de lazer”, disse.

O maior investimento é em Apucarana, no Vale do Ivaí. O município terá R$ 1,8 milhão pelo Sistema de Financiamento aos Municípios (SFM), linha de crédito operada em parceria pela Secretaria de Estado do Desenvolvimento Urbano e a Fomento Paraná. Foi autorizada a licitação para a pavimentação de 12,3 mil metros quadrados de vias urbanas, construção de calçadas e galerias pluviais nas ruas Sussumo Shimura e Nova Ukrania. Também houve a homologação do recapeamento asfáltico de diversas ruas da cidade, em uma área de 6 mil metros quadrados.

Quatiguá, no Norte Pioneiro, é outra cidade que receberá recursos do SFM. O município terá R$ 1,06 milhão para investir na aquisição de máquinas e equipamentos pesados, utilizados em obras de infraestrutura.

AGRONEGÓCIO – O BRDE assinou contratos de financiamentos e convênios com empresas e cooperativas de crédito e produção de Londrina e região, no valor de R$ 83 milhões. Os financiamentos são destinados a diferentes setores da economia, incluindo a cadeia do agronegócio e inovação.

“A maioria dos contratos de crédito é para o setor do agronegócio, principalmente cooperativas”, afirmou o diretor administrativo da agência paranaense do banco, Wilson Bley. “São nossos grandes parceiros, um setor que representa 1,7 milhão de pessoas e tem um faturamento anual de cerca de R$ 96 bilhões”, disse.

REGULARIZAÇÃO FUNDIÁRIA – O governador Ratinho Junior autorizou, ainda, a regularização fundiária de imóveis de 150 famílias que vivem em propriedades sem documentação. A ação será feita pelo Instituto de Terras, Cartografia e Geologia do Paraná (ITCG) nas cidades de Apucarana, Jandaia do Sul, Lunardelli

Manoel Ribas, Nova Cantu, Paula Freitas, Rio Branco do Ivaí, Roncador, São Jerônimo da Serra, Tunas do Paraná e Wenceslau Braz.

Também foram entregues 8 mil metros de tubos de concreto do Programa de Combate a Erosão Urbana (Proceu). Foram beneficiados os municípios de Alvorada do Sul, Ariranha do Ivaí, Atalaia, Califórnia, Centenário do Sul, Florestópolis, Ibaiti, Itamaracá, Ivaiporã, Jacarezinho, Jardim Alegre, Lidianópolis, Lunardelli, Primeiro de Maio, Santa Cecília do Pavão, Santa Fé, Santo Antônio do Paraíso e Sertaneja

PRESENÇAS – Participaram da solenidade o vice-governador Darci Piana; o chefe da Casa Civil Guto Silva; os secretários de Estado da Infraestrutura e Logística, Sandro Alex; do Desenvolvimento Sustentável e Turismo, Marcio Nunes; da Agricultura e Abastecimento, Norberto Ortigara; e da Saúde, Beto Preto; os presidentes da Sanepar, Claudio Stabile; da Cohapar, Jorge Lange; e da Paraná Desenvolvimento, Eduardo Bekin; o diretor-geral do Detran, Cesar Kogut; os deputados federais Luísa Canziani, Rubens Bueno e Boca Aberta; e os deputados estaduais Luiz Claudio Romanelli, Artagão Junior, Cobra Repórter, Tiago Amaral, Boca Aberta Junior, Alexandre Curi e Tercílio Turini.

BOX
Saúde repassa recursos para equipamentos e custeio de hospitais

A Secretaria de Estado da Saúde liberou recursos para custeio e equipamentos de hospitais da região. “Estamos atendendo a todos os municípios dentro do princípio da regionalização. O objetivo é levar o atendimento mais perto da população”, disse o secretário Beto Preto.

Para a Santa Casa de Londrina foram liberados R$ 4,3 milhões para compra de equipamentos, entre eles um microscópio cirúrgico, de última geração tecnológica, para ortopedia e neurocirurgias eletivas e de emergência. Também serão adquiridos neuronavegador para cirurgia de crânio e coluna vertebral.

O Hospital do Câncer de Londrina recebeu R$ 700 mil, para custeio e para equipamentos. Para a Santa Casa de Cambé foram destinados R$ 540 mil para auxílio de custeio.

Foi assinada, também, autorização para o repasse de recursos para a Associação da Santa Casa de Ibiporã, mantenedora do Hospital Cristo Rei, no valor de R$ 600 mil, para suprir necessidades relativas às despesas de custeio da instituição e serviços essenciais de saúde no âmbito do SUS. O hospital é referência na região e atende moradores de Alvorada do Sul, Assaí, Jataizinho, Primeiro de Maio e Sertanópolis, com uma população de mais de 119 mil habitantes.



Saiba mais sobre o trabalho do Governo do Estado em:
http:///www.facebook.com/governoparana e www.pr.gov.br
O governador Carlos Massa Ratinho Junior afirmou nesta sexta-feira (12), em encontro com prefeitos de cidades da região Norte, realizado na ExpoLondrina, que o programa de transferência da sede administrativa para cidades do interior fortalece a presença do governo junto à população e agiliza o encaminhamento das demandas regionais.  -  Londrina, 12/04/2019  -  Foto: Rodrigo Félix Leal/ANPr
Acesse a galeria de fotos
Recomendar esta notícia via e-mail:
Encontrou algum erro
Paraná informa