Conselho dos Direitos do Idoso terá novos representantes

O Conselho Estadual dos Direitos do Idoso (Cedi-PR) convida a sociedade civil organizada a concorrer na eleição dos novos representantes da sociedade civil que integrarão o conselho na gestão 2019/2021. O órgão é composto por 24 membros, 12 deles representantes do Governo e 12 da sociedade civil.

Para se candidatar à vaga de conselheiro é necessário que a pessoa seja indicada por uma entidade da sociedade civil que atue exclusivamente com ações voltadas para a pessoa idosa. A habilitação pode ser como candidato e votante ou apenas como votante. As inscrições vão até 25 de fevereiro.

Informações podem ser obtidas no site do Cedi, onde consta a Deliberação nº 017/2018, convocando as organizações da sociedade civil para as eleições.

Para o coordenador da Política do Idoso da Secretaria de Estado da Justiça, Família e Trabalho, Matheus Mokdese dos Santos, é grande o interesse das entidades da sociedade civil em participar do Cedi. “O Conselho tem a função de definir as políticas estaduais, estabelecer prioridades, acompanhar e avaliar proposta orçamentária do Estado, acompanhar e controlar auxílios às entidades, deliberar sobre movimentação dos recursos financeiros vinculados ao Fundo Estadual dos Direitos do Idoso”, explica.

O QUE É - Criado pela Lei 11.863, outubro de 1997, que dispõe sobre a Política Estadual dos Direitos do Idoso, o Cedi é um órgão colegiado de caráter público e permanente, deliberativo, fiscalizador e consultivo para a execução das políticas de defesa dos direitos da pessoa idosa. Sem credo político ou religioso, tem prazo indeterminado de duração e se rege por resoluções do conselho pleno.

O foco do conselho é prioritariamente a defesa dos direitos da pessoa idosa em conjunto com os órgãos públicos, entidades privadas e grupos organizados, em favor da inserção da pessoa idosa na vida socioeconômica, política e cultural do Paraná, propondo-se a eliminar toda e qualquer forma de discriminação.

O Cedi integra, atualmente, a estrutura organizacional da Secretaria da Justiça, Família e Trabalho, responsável pela coordenação da política estadual de defesa dos direitos da pessoa idosa, e dá suporte administrativo ao conselho.



Saiba mais sobre o trabalho do Governo do Estado em:
http:///www.facebook.com/governoparana e www.pr.gov.br
Acesse a galeria de fotos
Recomendar esta notícia via e-mail:
Encontrou algum erro