Rádio - Notícias

16/10/2020

Ponte de Guaratuba é alternativa sustentável para trânsito no Litoral do Paraná


A construção de uma ponte ligando Matinhos a Guaratuba é a alternativa mais sustentável para suportar o volume de trânsito e dar mais segurança a quem circula entre as duas cidades. Um dos efeitos é a desativação das balsas utilizadas pela travessia, reduzindo riscos hoje existentes. Na última quinta-feira, uma mancha, aparentemente de óleo diesel, foi vista na Baía de Guaratuba. Técnicos do Instituto Água e Terra vistoriaram o local e informaram que o produto foi dispersado pela maré, e que o incidente não ocasionou a mortandade de peixes e impactos significativos. Casos como este, contudo, podem apresentar maior gravidade. O secretário do Desenvolvimento Sustentável e do Turismo, Márcio Nunes, ressaltou a necessidade de oferecer novas condições para o trânsito de cargas perigosas.// SONORA MARCIO NUNES.// Nunes sustentou que a ponte pode evitar danos ambientais, e que o trabalho de viabilização das obras une técnicos das secretarias estaduais do Desenvolvimento Sustentável e do Turismo, e da Infraestrutura e Logística, que têm trabalhado fortemente para assegurar a construção da ponte com todos os cuidados necessários ao meio ambiente. Com a finalização dos Estudos de Viabilidade Técnica Econômica e Ambiental, no ano passado, foram propostas alternativas para o traçado da ponte. Segundo Márcio Nunes, o traçado deve ser definido com base na alternativa que cause menos impacto ambiental. O Governo do Estado publicou, neste mês, um novo aviso de Manifestação de Interesse, convocando empresas especializadas para a elaboração conjunta de novos estudos ambientais e do anteprojeto da Ponte de Guaratuba. O processo fica aberto até o próximo dia 23. O secretário de Infraestrutura e Logística, Sandro Alex, disse que a construção da ponte na baía de Guaratuba é um importante marco para a modernização do Litoral paranaense. Outros detalhes podem ser conferidos em www.aen.pr.gov.br. (Repórter: Wyllian Soppa)


Recomendar esta página via e-mail: