Rádio - Notícias

15/09/2020

Com apoio do Estado, Grupo Muffato anuncia investimento de 29 milhões de reais em Cambé, na região Norte


A recente modernização da legislação tributária estadual para que empresas de e-commerce se enquadrassem no programa de incentivos fiscais do Paraná garantiu um novo investimento ao Estado. O grupo Muffato confirmou que vai aplicar 29 milhões de reais na adaptação do centro de distribuição que atende a rede, em Cambé, na Região Metropolitana de Londrina. Os recursos são para melhorar a logística e o armazenamento, com a criação de uma área exclusiva para o comércio eletrônico. A iniciativa vai gerar 200 empregos diretos. O anúncio foi feito nesta terça-feira, no Palácio Iguaçu, pelo governador Carlos Massa Ratinho Junior, e pelo diretor do grupo, Eduardo Muffato. De acordo com o governador, o Paraná tem a melhor legislação de e-commerce do Brasil.// SONORA RATINHO JUNIOR.// A principal modificação na legislação voltada para o comércio eletrônico prorroga o prazo para que empresas que atuam exclusivamente no e-commerce possam pleitear o benefício de crédito presumido, o que vai reduzir a carga efetiva para 2% nas vendas interestaduais efetuadas nesta modalidade quando a alíquota for de 7% ou 12%, e para 1% quando sujeita à alíquota de 4%. O benefício, que venceria em dezembro de 2020, foi estendido até dezembro de 2022 e também reduz o valor do investimento para que as empresas possam se enquadrar no programa. Agora, o investimento será de, no mínimo, 360 mil reais. Anteriormente, como não havia um limite específico, exigia-se o que era aplicado no programa de incentivos fiscais do Estado para as indústrias – de 3 milhões e 600 mil reais. A regra tributária mais simplificada, como explicou Eduardo Muffato, foi fundamental para a decisão da rede em seguir com os investimentos no Paraná. Segundo ele, antes da alteração a ideia era levar o centro de distribuição eletrônico para Santa Catarina.// SONORA EDUARDO MUFFATO.// Além do centro de distribuição, a rede está erguendo uma indústria de alimentos que vai gerar 650 empregos diretos também em Cambé. O investimento é de 170 milhões de reais. A obra será erguida em duas etapas. A primeira, com foco no processamento de proteína animal, tem previsão para ficar pronta ainda neste ano. A segunda, para processamento de proteína vegetal, começa a sair do papel logo em seguida, com finalização para o segundo semestre de 2021. Ao fim da construção, a estimativa do Muffato aponta a abertura de 3 mil empregos diretos. (Repórter: Amanda Laynes)


Recomendar esta página via e-mail: