Rádio - Notícias

24/06/2020

Aplicativo vai direcionar doação de roupas e cobertores no Estado


A chegada do inverno em meio à pandemia do novo coronavírus vai transformar a dinâmica de arrecadação de roupas, calçados e cobertores neste ano no Estado. A campanha Aquece Paraná começou oficialmente nesta quarta-feira e vai incentivar as doações sem que haja necessidade de sair casa. Tudo pode ser feito pelo celular, usando o aplicativo Paraná Solidário. A primeira-dama Luciana Saito Massa, que preside o Conselho de Ação Solidária, apresentou a campanha nesta quarta no jornal Paraná no Ar, da RIC TV Record. O grupo de comunicação é parceiro da Superintendência Geral de Ação Solidária do Governo do Estado na ação, que busca proteger a população em situação de vulnerabilidade, que sofre com o inverno rigoroso do Paraná. De acordo com Luciana, o momento é delicado, e precisava de uma solução inovadora. // SONORA LUCIANA SAITO MASSA // Podem ser doados roupas, calçados, cobertores, roupas de cama e qualquer outro item em bom estado. É importante também que seja feita uma higienização antes de entregar os produtos para as instituições sociais. A doação acontece por pelo do Aplicativo Paraná Solidário. Criado pela Celepar, Companhia de Tecnologia da Informação e Comunicação do Paraná, a pedido da Secretaria de Estado da Justiça, Família e Trabalho, o Paraná Solidário é o primeiro aplicativo do País que faz a ponte entre pessoas que querem doar e as entidades que precisam daquele produto. Além dos agasalhos, diversos outros itens podem ser entregues a instituições que atendem idosos, crianças e pessoas com deficiência, entre outros grupos vulneráveis. André Telles, assessor de Inovação da Celepar, reforça que 570 entidades de todo o Paraná já estão cadastradas para o recebimento de doações. // SONORA ANDRÉ TELLES // Para participar da campanha Aquece Paraná, basta acessar a páginaaqueceparana.pr.gov.br, usar um leitor de código com a câmera do celular e fazer o download do aplicativo no celular. Então, é preciso fazer um cadastro de doador. Os doadores devem descrever e adicionar fotos dos produtos e confirmar o envio. O aplicativo mostra então as instituições mais próximas que precisam daquela doação. O contato com a entidade para acertar os detalhes sobre a entrega é feito pela própria ferramenta. (Repórter: Rodrigo Arend)


Recomendar esta página via e-mail: