Rádio - Notícias

21/05/2020

Secretaria da Saúde define normas rígidas para a realização de cultos religiosos


A Secretaria de Estado da Saúde publicou nesta quinta-feira uma resolução que define as condições necessárias para que as igrejas voltem a receber público a partir desta sexta-feira no Paraná. A medida, elaborada pelo Centro de Operações em Emergências, cria normas rígidas para o funcionamento das atividades em templos e igrejas. As entidades religiosas precisam seguir um protocolo de 34 itens, com normativas que poderão ser revistas a qualquer momento. Os critérios adotados são objetivos, técnicos e científicos, e levam em consideração a transmissão comunitária pelo coronavírus, a situação epidemiológica e do sistema hospitalar no Paraná. Entre as medidas, as igrejas precisam respeitar as orientações de afastamento físico entre as pessoas. De acordo com a resolução, os espaços devem limitar a presença de público em 30% da capacidade do local, e todas as pessoas devem estar com distância mínima de 2 metros uma das outras. Durante as celebrações, devem ser disponibilizadas preferencialmente cadeiras e bancos individuais. Quando os bancos foram coletivos, é obrigatório que existam demarcações, que garantam a distância de 2 metros entre as pessoas. Ainda segundo a normativa, as celebrações religiosas precisam evitar práticas de aproximação entre as pessoas e outras formas de contato físico, como dar as mãos, abraços, beijos, entre outros. Os elementos de ritos religiosos também devem ser entregues na mão do fiel, e não na boca. Também é exigido que os templos religiosos forneçam condições para que o público possa higienizar as mãos, com oferta de álcool 70%. Além disso, todas as pessoas devem usar máscaras. A Secretaria da Saúde orienta ainda que devem permanecer em casa as pessoas acima de 60 anos e do grupo de risco, como hipertensos, diabéticos, gestantes, que podem acompanhar as celebrações em transmissões ao vivo pela internet. O Governo do Estado reforça a importância do isolamento social, destacando que é atualmente a melhor maneira de se prevenir a circulação do coronavírus. O texto da resolução destaca a recomendação de que as pessoas realizem os atos religiosos em casa, para evitar a circulação e a propagação da Covid-19. Mais informações estão na página coronavirus.pr.gov.br. (Repórter: Rodrigo Arend)


Recomendar esta página via e-mail: