Rádio - Notícias


18/05/2020
Governo do Paraná inicia estratégia de testagem em massa para combater a Covid-19

O Paraná iniciou nesta semana a testagem em massa da população como estratégia de combate ao coronavírus. A medida foi confirmada pelo governador Carlos Massa Ratinho Junior nesta segunda-feira. A ideia, destacou ele, é chegar aos cinco mil testes semanais até o final desta semana e ampliar gradativamente o processamento dos exames. O Paraná deve atingir a capacidade para fazer 40 mil diagnósticos semanais, segundo a estimativa da Secretaria de Estado da Saúde. A meta é chegar a 200 mil pessoas testadas em 90 dias. Os kits com testes RT-PCR, considerados padrão ouro pela Organização Mundial da Saúde, já começaram a ser encaminhados para os municípios e hospitais de referência para atendimento dos casos de Covid-19. O governador destacou que este é um avanço estratégico para o Paraná.// SONORA RATINHO JUNIOR.// A distribuição dos testes entre os municípios observa os dados epidemiológicos de cada um, levando em conta o maior número de casos confirmados e a população de risco, além de outras variantes. Mesmo com a ampliação da testagem, a orientação do Governo do Estado é manter o isolamento social, ressaltou Ratinho Junior.// SONORA RATINHO JUNIOR.// O governador também salientou que o Paraná reforçou a estrutura hospitalar, com mais de três mil leitos de enfermaria e UTIs exclusivos para pacientes da Covid-19. Eles estão distribuídos na rede estadual e em hospitais filantrópicos e particulares. O governador destacou que foram aceleradas as obras dos hospitais regionais de Telêmaco Borba, Guarapuava e Ivaiporã, que devem ser inaugurados nas próximas semanas para receberem esses pacientes.// SONORA RATINHO JUNIOR.// Essa estratégia, explicou o governador, evita o bloqueio total do comércio e das empresas, o chamado lockdown. Ratinho Junior explicou que o Governo do Estado trabalha para criar um ambiente para que alguns setores, que sofrem mais, sejam menos impactados. Ele ainda ressaltou que alguns setores econômicos continuam funcionando, já que as indústrias não pararam. O governador usou como exemplo o Porto de Paranaguá.// SONORA RATINHO JUNIOR.// Ele afirmou que o Governo tem cobrado isso também dos setores, para ajudar a defender a economia e, em especial, o trabalhador. O governador também destacou algumas medidas que são tomadas pelo Estado desde o início da pandemia, há dois meses. Entre elas está a atenção com a população em situação de vulnerabilidade social. Além de contar com a mobilização e solidariedade da sociedade, o Estado criou um grande pacote social para atender as pessoas mais vulneráveis. Isso inclui a distribuição dos alimentos da merenda escolar e do Leite das Crianças às famílias cadastradas no Bolsa Família, e o Cartão Comida Boa. Ratinho Junior também salientou que o Estado trabalha com planejamento para a retomada econômica, tendo como estratégia um grande investimento em obras nos municípios. Segundo ele, a medida auxilia na geração de emprego e movimenta a economia em todas as regiões do Estado. Além de um financiamento de 600 milhões de reais com o Banco Interamericano de Desenvolvimento, o Paraná busca o aval do Tesouro Nacional para um empréstimo de um bilhão e 600 milhoes de reais. Outros detalhes sobre estas e outras medidas tomadas pelo Governo do Estado no combate à Covid-19 podem ser conferidos em coronavirus.pr.gov.br. (Repórter: Wyllian Soppa)






Salvar