Rádio - Notícias

21/03/2020

Hotéis são preparados para alojar profissionais da saúde


O Governo do Estado viabilizou uma rede de proteção aos profissionais de saúde diretamente ligados ao controle e tratamento do coronavírus no Paraná. Hotéis de diferentes municípios, de maneira voluntária, serão transformados em alojamentos a partir da próxima semana. A iniciativa atende uma solicitação do governador Carlos Massa Ratinho Junior e será coordenada pela Secretaria da Saúde e Defesa Civil estadual. A intenção é evitar a propagação da doença. Ratinho Junior destacou que os hotéis foram muito solícitos, entendendo a gravidade do momento. //SONORA RATINHO JUNIOR// Dois hotéis em Curitiba, dois no Litoral, nas cidades de Guaratuba e Pontal do Paraná e um em Medianeira, na Região Oeste, já disponibilizaram seus espaços, totalizando 250 quartos. Durante o período, esses locais serão dedicados exclusivamente para o isolamento dos profissionais da saúde, deixando de receber hóspedes comuns. A duração do acordo depende do acerto individual com cada uma das empresas. A ideia é viabilizar parcerias similares em todo o Paraná. Um desses hotéis, na região Central da Capital, ficará disponível a partir de segunda-feira e passará a receber médicos, enfermeiros e técnicos em enfermagem, entre outras categorias, na quarta-feira, após uma ação de limpeza e esterilização por parte da Defesa Civil. O acordo vale, inicialmente, por 30 dias. O trabalho de higienização dos 76 leitos disponíveis começou neste sábado. O coordenador da Defesa Civil do Estado, tenente-coronel Fernando Schunig, explica que estes profissionais precisam de um espaço seguro para descansar. // SONORA FERNANDO SCHUNING // Schunig explicou que a relação de profissionais que serão deslocados para esses espaços será definida pela secretaria de Saúde. // SONORA FERNANDO SCHUNING // O contato e o acordo com os hotéis estão sendo feitos pela Paraná Turismo, entidade vinculada à Secretaria do Desenvolvimento Sustentável e do Turismo. De acordo com o Presidente da entidade, João Jacob Mehl a disponibilidade de quartos vai aumentar de acordo com a necessidade, podendo haver um revezamento de espaços.O trabalho, é para viabilizar alojamentos no maior número de cidades possível. (Repórter: Sérgio Aguiar)


Recomendar esta página via e-mail: