Rádio - Notícias

13/02/2020

Fomento Paraná reduz juros para operações de microcrédito


A Fomento Paraná, instituição financeira do Governo do Estado, anunciou a redução nas taxas de juros nas operações de microcrédito, tanto para contratações normais quanto para o Banco da Mulher Paranaense. As taxas foram reduzidas em 3 pontos percentuais, o que representa 15,4% no microcrédito normal e até 22,4% na linha exclusiva para o público feminino. A menor taxa de juros do microcrédito, que era de 1,49% ao mês, cai para 1,28% para clientes com menor risco de crédito, classificados como bons pagadores, e também empreendedores que fazem cursos de capacitação gerencial do Sebrae-PR ou do Bom Negócio Paraná. Já em relação ao Banco da Mulher, o índice passa de 0,98% para 0,76%, uma variação de 22,4%. De acordo com o governador Carlos Massa Ratinho Junior, este foi o segundo corte promovido pela agência em menos de um ano. Ratinho Junior ressalta que é mais uma medida de apoio aos empreendedores, para que pequenos negócios prosperem, contratem trabalhadores e contribuam para movimentar a economia.// SONORA RATINHO JUNIOR.// O microcrédito é o segmento que apresenta maior procura e maior volume de operações na Fomento Paraná. Segundo o diretor-presidente da Instituição Financeira, Heraldo Neves, foram liberados 357 milhões de reais em 34 mil contratos nos últimos dez anos. O volume passou de 10 milhões e 400 mil reais contratados em 2010 para 62 milhões e 100 mil reais em 2019, quando foram firmados mais de 5.300 contratos. Agora, conforme explica Heraldo, o governador Ratinho Junior autoriza mais essa redução de juros.// SONORA HERALDO NEVES.// Em relação ao Banco da Mulher, o índice passa de 0,98% para 0,76%, uma variação de 22,4%. O programa, lançado pelo governador Ratinho Junior no ano passado, tem atualmente 1.171 contratos em vigor, representando um crédito de 14 milhões e 800 mil reais já colocado no mercado. O governador Ratinho Junior reforça o apoio às mulheres que querem empreender no Paraná.// SONORA RATINHO JUNIOR.// O diretor-presidente da Fomento Paraná explicou que a justificativa para a redução é que o Governo Federal baixou a taxa Selic, de 6,50% ao ano, na mesma época de 2019, para 4,25%. A expectativa de inflação também está mais baixa, caminhando para fechar 2020 em torno de 3,25%. A primeira redução de juros por parte da Fomento Paraná na gestão Ratinho Junior ocorreu em abril do ano passado. Na ocasião, as taxas para empresas de micro, pequeno e médio portes diminuíram em média 1,29 ponto percentual ao ano, enquanto no microcrédito a redução foi de 3,32 pontos percentuais. A menor taxa de juros do microcrédito, que era de 1,73% ao mês, havia caído para 1,49% e agora passa a ser de 1,28% ao mês. (Repórter: Amanda Laynes)


Recomendar esta página via e-mail: