Rádio - Notícias

12/02/2020

Governo do Estado e ABDI assinam acordo para compartilhamento de carros elétricos


O governador Carlos Massa Ratinho Junior e o presidente da ABDI, Agência Brasileira de Desenvolvimento Industrial, Igor Calvet, assinaram nesta quarta-feira um acordo de cooperação técnica para implantar no Paraná um sistema de compartilhamento de veículos elétricos para uso de servidores públicos. A partir desse memorando serão formatados detalhes como quantidade de veículos, instalação de eletropostos e cidades em que serão disponibilizados. O acordo entre o Governo e o órgão, que é vinculado ao Ministério da Economia, busca estimular a adoção de políticas sustentáveis e ajudar a difundir modelos de negócios inovadores em mobilidade urbana, dentro do conceito de Smart Cities. O memorando de entendimento prevê, ainda, aproveitamento de soluções tecnológicas oferecidas pela ABDI nos municípios do Estado nos próximos anos, com objetivo de aumentar a integração e a produtividade das empresas e do setor público. Não haverá transferência de recursos e o prazo de vigência da parceria é de 40 meses. O Governo do Estado tem cerca de 22 mil veículos, sendo 18 mil carros. Segundo o governador, essa iniciativa se soma ao táxigov, sistema que será lançado neste ano e ajudará a baratear o custo de deslocamentos dos servidores públicos.// SONORA RATINHO JUNIOR.// O Paraná será o segundo Estado do País com esse sistema de compartilhamento de carros elétricos. O projeto-piloto, no Distrito Federal, já conta com 16 veículos e 35 eletropostos. A ideia surgiu no Living Lab, parceria da ABDI e do Parque Tecnológico de Itaipu, em Foz do Iguaçu, criado para encontrar soluções tecnológicas para Smart Cities. O acompanhamento em tempo real será feito por meio de um software que permite reservar os veículos disponíveis e acompanhar a localização. O aplicativo, que também foi desenvolvido em Foz do Iguaçu, rastreia o automóvel, monitora a velocidade, a carga de bateria, as rotas percorridas, além de outras informações. Os carros serão desbloqueados com cartões dos servidores cadastrados no sistema. Eles devem ser cedidos ao Governo do Estado em forma de comodato, com cláusulas sobre operação, manutenção, taxas e seguros. Igor Calvet destacou que a missão da ABDI é ajudar as cidades na transformação digital e no acesso a novas tecnologias.// SONORA IGOR CALVET.// O acordo com a ABDI se soma a diversas iniciativas do Estado na área de eletromobilidade, como isenção de IPVA para carros elétricos até o dia 31 de dezembro de 2022. O objetivo é incentivar o uso de automóveis movidos à energia elétrica, que conferem maior eficiência e menor consumo em comparação àqueles movidos à combustão. O Paraná foi o oitavo Estado a adotar essa política O Estado conta com a maior eletrovia do País, que corta o Estado de Leste a Oeste via BR-277, e com o programa Smart Energy, no qual o Tecpar homologa as diferentes tecnologias disponíveis no mercado para apresentar à sociedade as tecnologias já testadas pelo instituto, com geração de dados e capacitação de mão de obra local para atrair investimentos nesta área para o Paraná. No final do ano passado, o Paraná recebeu outra iniciativa da ABDI. A Ponte da Amizade, em Foz do Iguaçu, agora conta com 70 novas câmeras do programa Fronteira Tech, com capacidade de reconhecimento facial e identificação de placas de veículos para ampliar o controle aduaneiro na fronteira mais movimentada do Brasil. (Repórter: Wyllian Soppa)


Recomendar esta página via e-mail: