Rádio - Notícias

11/09/2019

Estudantes de Cascavel criam piso sustentável que ajuda a evitar enchentes


Dois estudantes de Cascavel, no Oeste do Estado, criaram um piso especial capaz de contribuir para evitar enchentes. O piso drenante sustentável absorve a água da chuva e a direciona para o solo, e é inovador porque é feito de materiais reaproveitados, como vidro, borracha e concreto. Os criadores são alunos da terceira série integrada do Curso Técnico de Edificações do Centro Estadual de Educação Profissional, CEEP Pedro Boaretto Neto, Dhaiana Castro Franco e Eduardo Drachler. A proposta surgiu depois que eles observaram os problemas locais e concluíram que o pavimento usado atualmente colabora para situações de enchente. Ainda, segundo eles, os esgotos espalhados pela cidade já não dão conta do escoamento da água da chuva devido ao alto volume de lixo que é jogado de forma incorreta. De acordo com Dhaiana, que pretende cursar Engenharia Civil, o objetivo da criação é promover a sustentabilidade. A diretora do CEEP, Sandra Regina de Andrade Tambani, destaca que a instituição trabalha com foco em tornar o aluno em um agente transformador. // SONORA SANDRA TAMBANI // Ela também afirma que incentivar alunos à iniciação científica é um modo de contagiar de maneira positiva os demais estudantes. // SONORA SANDRA TAMBANI // O projeto do piso sustentável é uma atividade extracurricular, feita no contraturno das aulas, e faz parte da grade de iniciação científica do curso. Os alunos são orientados por uma professora com experiência na área de construção civil. O piso está em fase de aperfeiçoamento, mas já pode ser usado em áreas residenciais, onde passam pedestres e veículos leves, como patinetes ou bicicletas. A meta é chegar a um tipo de asfalto capaz de suportar carros e ônibus. Os alunos já contam com parceria com a Universidade Estadual do Oeste do Paraná, Unioeste, e receberam três propostas de empresas privadas para dar continuidade aos testes em conjunto. Além desse projeto, outros seis, de diversas áreas tecnológicas, estão em andamento no Núcleo de Iniciação Científica do CEEP de Cascavel. (Repórter: Rodrigo Arend)


Recomendar esta página via e-mail: