Rádio - Notícias

09/09/2019

Museu de Arte Contemporânea do Paraná tem debate sobre narrativas feministas nesta terça-feira


A presença das mulheres, ou a falta delas, nos acervos e na programação dos museus brasileiros é um tema recorrente nas artes visuais. Como se busca esse reequilíbrio entre obras de artistas homens e mulheres? Essa é uma das questões centrais da mesa-redonda "Museu como espaço de formação: narrativas feministas", promovida pelo Museu de Arte Contemporânea do Paraná nesta terça-feira, às sete horas da noite. A conversa acontece no miniauditório do Museu Oscar Niemeyer, com entrada gratuita. O diálogo com o público é com as artistas Eliana Brasil, Elizabeth Titon, Erica Storer Araújo e Walkyria Novais, que integraram duas exposições recentes do Museu de Arte Cintemporânea: a "Estamos Aqui! Relevos do acervo do MAC-PR" e "Ero Ere: Negras Conexões", em cartaz até o dia 29 deste mês. Nas duas mostras, foram reunidas somente obras de artistas mulheres, de diferentes gerações e vertentes. Também nesta terça-feira, é lançado o catálogo da exposição "Estamos Aqui!", que reúne textos, obras e informações sobre as 15 artistas mulheres da mostra. O Museu de Arte Contemporânea funciona temporariamente no Museu Oscar Niemeyer, devido a uma reforma. Criado em 1970, o Museu de Arte Contemporânea do Paraná completa 50 anos em março do ano que vem. Atualmente, o acervo é composto por 1.800 obras de artistas paranaenses e brasileiros, além de estrangeiros. É referência em pesquisa e documentação no Estado e faz ações de arte e educação para a comunidade. O endereço do Museu Oscar Niemeyer, onde estão as instalações do Museu de Arte Contemporânea, é Rua Marechal Hermes, número 999, no Centro Cívico. (Repórter: Priscila Paganotto)


Recomendar esta página via e-mail: