Rádio - Notícias

03/09/2019

Governo do Estado reforça apoio ao cooperativismo da agricultura familiar


O governador Carlos Massa Ratinho Junior lançou nesta terça-feira, no Palácio Iguaçu, em Curitiba, o Coopera Paraná, Programa de Apoio ao Cooperativismo da Agricultura Familiar. Coordenado pela Secretaria de Estado da Agricultura e do Abastecimento, o programa tem como objetivo o fortalecimento das organizações cooperativas como instrumentos para melhorar a competitividade e a renda dos agricultores familiares.  Será dado assessoramento às cooperativas, capacitação de dirigentes e apoio financeiro. No mesmo evento, o governador também regulamentou a Lei que prevê que a alimentação das escolas da rede estadual de ensino seja composta totalmente por alimentos orgânicos. A ideia é aumentar gradualmente a inclusão de produtos orgânicos na alimentação escolar até atingir o objetivo de 100% da merenda em 2030. Ratinho Junior afirmou que as iniciativas fortalecem ainda mais a produção de alimentos no Estado, que é um dos maiores produtores agrícolas do mundo. // SONORA RATINHO JUNIOR // De acordo com a média dos últimos censos agropecuários do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística, 84% das 305 mil propriedades rurais no Paraná são da agricultura familiar. São pelo menos 157 mil famílias trabalhando com a produção agrícola, que é caracterizada pela variedade de alimentos produzidos. Em algumas cadeias produtivas, a agricultura familiar responde por mais de 50% da produção. Para o secretário de Estado da Agricultura e Abastecimento, Norberto Ortigara, a organização das cooperativas e o investimento em processamento são importantes para enriquecer o pequeno produtor paranaense. // SONORA NORBERTO ORTIGARA // Entre as metas do Coopera Paraná estão o acompanhamento e assessoramento de 100 cooperativas da agricultura familiar nos próximos quatro anos e a implementação de dez bases de serviços de acompanhamento. O programa também vai apoiar 100 cooperativas na elaboração de planejamento estratégico e nos planos de gestão e de negócios. O presidente da Unicafes, União Nacional das Cooperativas da Agricultura Familiar e Economia Solidária, Vanderley Ziger, afirmou que o programa reafirma o papel das pequenas cooperativas nos municípios onde estão instaladas. // SONORA VANDERLEY ZIGER // O superintendente do Serviço Nacional de Aprendizagem do Cooperativismo do Paraná, Leonardo Boesche, destacou que a iniciativa fará com que o sistema cooperativista chegue a áreas que ainda não estão consolidadas. // SONORA LEONARDO BOESCHE // O primeiro edital do programa já está aberto, com recursos de 30 milhões de reais para apoiar Projetos de Negócios que melhorem a competitividade e o acesso a mercados de pequenas organizações de produtores. Cada projeto pode receber até 420 mil reais. O edital está disponível na página agricultura.pr.gov.br. Para participar do programa, as organizações precisam ter a Declaração de Aptidão ao Pronaf jurídica e o faturamento anual não pode ultrapassar 20 milhões de reais. Atualmente, o Paraná conta com 175 pequenas cooperativas e cerca de 400 associações de agricultores familiares. (Repórter: Rodrigo Arend)


Recomendar esta página via e-mail: