Rádio - Notícias

13/08/2019

Parcerias vão ampliar educação e atendimento jurídico aos detentos do Paraná


O secretário de Estado da Segurança Pública, Romulo Marinho Soares, assinou nesta terça-feira dois convênios entre o Departamento Penitenciário, Depen do Paraná, e outras duas instituições, a Faculdade de Pinhais, Fapi, e o Instituto Mundo Melhor. O objetivo é levar serviços de educação e atendimento jurídico aos detentos do sistema prisional do Estado. De acordo com o secretário, esse tipo de parceria é importante para que os detentos tenham a oportunidade de retornarem como cidadãos melhores para a sociedade. Ele também lembrou que 54% da população carcerária é formada por presos provisórios e 15% por pessoas que não têm ensino fundamental completo. Para o diretor-geral do Depen, Francisco Alberto Caricati, os acordos são muito importantes por contribuírem com a reabilitação dos presos. Ele destaca que o Paraná já tem unidades-modelo neste sentido, e a taxa de detentos que voltam a cometer crimes é muito reduzida. // SONORA FRANCISCO CARICATI // O convênio entre o Depen e a Fapi prevê atendimento jurídico aos custodiados no Estado, principalmente no que se refere à execução da pena, de forma semestral. O trabalho será desenvolvido por alunos do curso de Direito, sob a orientação de professores. Na área educacional, foi estendida a parceria com o Instituto Mundo Melhor, que há quase uma década ajuda na qualificação curricular dos presos em 19 unidades. No total, já foram mais de 20 mil cursos ofertados pela organização, que resultaram cerca de 9 mil dias de redução de pena. (Repórter: Rodrigo Arend)


Recomendar esta página via e-mail: