Rádio - Notícias

30/05/2018

Polícia Militar do Paraná escolta carretas com alimentos e combustíveis


A Polícia Militar do Paraná e a Coordenadoria Estadual de Proteção e Defesa Civil estão fazendo a escolta de caminhões que transportam mercadorias para supermercados de Curitiba e que levam combustíveis da Repar, de Araucária, para a capital e todo o Interior do Estado. Cinquenta e uma carretas saíram de diversas regiões do Paraná em direção a Curitiba entre a terça e quarta-feira. Além disso, desde terça-feira, 339 caminhões de combustíveis foram liberados para transportar combustíveis da Repar, de Araucária, e abastecer todo o Estado. Segundo o diretor Ocepar, Organização das Cooperativas do Paraná, Luiz Roberto Baggio, as escoltas resultam de diálogo e entendimento entre o Governo do Estado e a entidade.// SONORA LUIZ ROBERTO BAGGIO.// O chefe administrativo da Defesa Civil, major Mário Sérgio Garcez da Silva, explicou que o órgão atua desde o início da greve dos caminhoneiros para evitar o problema de desabastecimento.// SONORA MAJOR SÉRGIO GARCEZ DA SILVA.// Segundo o superintendente da Apras, Associação Paranaense de Supermercados, Valmor Rovaris, a mercadoria que chega transportada em comboios ajuda a recompor os estoques de alimentos que já estavam comprometidos.// SONORA VALMOR ROVARIS.// No começo da tarde desta quarta-feira, dez caminhões da Cocamar carregados com café e 280 mil litros de óleo de soja chegaram em Curitiba, vindos de Maringá, para abastecer as redes de supermercado Mufatto e Condor. Também estão a caminho comboios com farinha de trigo, óleo vegetal, margarina, frango e leite. Além de supermercados, os produtos também vão abastecer panificadoras, restaurantes e mercearias. (Repórter: Wyllian Soppa)


Recomendar esta página via e-mail: