Rádio - Notícias

19/03/2018

Ipiranga, nos Campos Gerais, será 100% atendida com rede inteligente de energia


A Copel instalou nesta segunda-feira, em Ipiranga, nos Campos Gerais, o primeiro medidor inteligente de energia. O equipamento foi colocado na residência do casal de agricultores Florindo e Ângela Bonfligio e acionado pelo governador Beto Richa e o presidente da Copel, Antonio Guetter. A ação marcou o início do projeto que vai transformar Ipiranga, com 15 mil habitantes, no primeiro município brasileiro a ser atendido totalmente com a rede inteligente de energia. O governador afirmou que a ação representa uma grande conquista para o Estado, que deve ser ampliada na medida do possível. // SONORA BETO RICHA // O governador também fez referência à evolução de Ipiranga no que se refere a energia, mencionando que os primeiros pontos instalados no município foram pelo programa Click Rural, da gestão do então governador José Richa. Ipiranga tem no total 5 mil unidades consumidoras, metade em área urbana e metade em área rural. O presidente da Copel, Antonio Guetter, disse que o município foi escolhido por conta deste perfil, além de que já havia melhorias previstas na rede local. // SONORA ANTONIO GUETTER // Em Ipiranga, os medidores começam a ser instalados nesta quarta-feira e a previsão é que até setembro estejam concluídos os cinco mil equipamentos. O projeto está recebendo 7 milhões e 900 mil reais de investimento. Para o prefeito de Ipiranga, Luiz Carlos Blum, o projeto da Copel é motivo de orgulho para a cidade. // SONORA LUIZ BLUM // O agricultor Florindo Bonfligio, dono da primeira residência com o medidor de energia inteligente, acredita que o sistema vai melhorar o dia a dia. // SONORA FLORINDO BONFIGLIO // Nos casos de desligamentos da rede, o aparelho emite sinais para a Copel de 15 em 15 minutos. Também são medidos outros valores como tensão, corrente e potência, garantindo um alto controle da qualidade de energia entregue aos consumidores. O modelo adotado pela Copel é o mesmo de redes inteligentes internacionais, como de distribuidoras de energia nos Estados Unidos. No ano passado, uma equipe da Copel visitou empresas em Miami e Chicago para conhecer as soluções implantadas nas redes de distribuição dos norteamericanos. O maior projeto de redes inteligentes do mundo, em Tóquio, no Japão, também segue o mesmo modelo. (Repórter: Rodrigo Arend)


Recomendar esta página via e-mail: