Rádio - Notícias

13/03/2018

Governo do Estado garante recursos para unidade de oncologia infantojuvenil, em Curitiba


O governador Beto Richa assinou nesta terça-feira convênio para o repasse de 12 milhões de reais do governo estadual para a conclusão do Erastinho, unidade do Hospital Erasto Gaertner, de Curitiba, especializado em tratamento do câncer. Com isso, o Erasto Gaertner será o primeiro hospital do Sul do país a ter um fluxo específico para o atendimento oncológico de crianças e adolescentes. De acordo com o governador Beto Richa, o hospital já é referência nacional no diagnóstico e tratamento do câncer infantil.// SONORA BETO RICHA.// A expectativa é ampliar de 20 para 39 o número de leitos infantojuvenis, permitindo o atendimento de 300 novos casos por ano. Poderão ser feitas, no local, até 17 mil consultas, 500 cirurgias e mais de 85 mil procedimentos anualmente. Segundo o superintendente do Hospital, Adriano Lago, a inauguração da nova unidade está prevista para o final do ano que vem. Ele explica que a ampliação vai possibilitar uma nova área para que o hospital possa aumentar os atendimentos para a população adulta.// SONORA ADRIANO LAGO.// Somando atendimento de adultos e crianças, são feitas no Erasto Gaertner, em média, 8 mil cirurgias, 240 mil sessões de radioterapia e a aplicação de 80 mil doses de quimioterapia por ano no hospital. O Erasto Gaertner recebe, desde 2017, um aporte extra do Estado, de 2 milhões e 400 mil reais por ano, para reforçar a capacidade de atendimento. O secretário de Estado da Saúde, Michele Caputo Neto, afirmou que o Governo do Paraná também dá apoio à expansão dos projetos de descentralização do atendimento oncológico feito pelo Erasto Gaertner.// SONORA MICHELE CAPUTO NETO.// A unidade de Irati, no Centro-Sul, atende a população dos nove municípios da região, com capacidade para até 20 sessões de quimioterapia por dia. O mesmo processo vai ocorrer na extensão de Paranaguá, onde metade da demanda do Litoral deverá ser atendida. A ideia é implantar um ambulatório avançado com uma série de serviços na área de oncologia. O Governo do Estado têm parcerias com outros hospitais de tratamento do câncer, ampliando o acesso ao atendimento pelo SUS. Há convênios com o Uopeccan, de Cascavel, e o Hospital do Câncer de Londrina. Todos recebem 200 mil reais mensais em incentivos de custeio. Além disso, foram destinados 12 milhões de reais para obras e equipamentos do Hospital da Uopeccan de Umuarama. A vice-governadora Cida Borghetti enfatizou a presença do Estado em ações de prevenção e diagnóstico do câncer.// SONORA CIDA BORGHETTI.// Cida Borghetti ainda lembrou que foram instalados os Centros de Diagnósticos de Câncer de Mama, em Londrina, Cascavel, Maringá e em Curitiba. (Repórter: Amanda Laynes)


Recomendar esta página via e-mail: