Rádio - Notícias


07/03/2018
Mulheres são protagonistas na educação no Paraná

As mulheres dominam a educação pública no Paraná. Um levantamento feito pelo departamento de Recursos Humanos da Secretaria de Estado Educação apontou que 80% dos mais de 70 mil professores e funcionários que integram o quadro próprio da Secretaria são mulheres. Elas também são maioria na direção das escolas, pois 61% dos 4.327 diretores e diretores auxiliares de todo o Estado são do sexo feminino. A educação paranaense teve, ao longo da história, mulheres que desempenharam papéis fundamentais na democratização do ensino. Nesse cenário, dois nomes se destacam. Em 1890, a professora Júlia Wanderley liderou um movimento para o ingresso de mulheres no educandário, até então aberto somente para alunos do sexo masculino. Em 1892, Júlia recebeu o título de professora normalista. Outro nome importante é o de Helena Kolody, que hoje estampa a capa de livros, e também batiza bibliotecas e escolas pelo Paraná. De acordo com Marli de Freitas, responsável pelo Centro de Memória do Instituto de Educação do Paraná, Helena Kolody teve um papel muito importante na história paranaense, por ter incentivado os jovens a estudarem e buscarem espaço na sociedade. A poetisa Helena Kolody ingressou em 1928 na Escola Normal de Curitiba, atual Instituto de Educação Professor Erasmo Pilotto. Natural de Cruz Machado, no Sul do Estado, ela atuou como professora em escolas de Curitiba, Ponta Grossa e Rio Negro. (Repórter: Rodrigo Arend)






Salvar