Rádio - Notícias

04/01/2018

Programa Microbacias traz melhorias para 16 mil propriedades rurais no Paraná


A propriedade do agricultor Deoclécio Jacomelli, de Realeza, no Sudoeste do Paraná, passou por inúmeras melhorias. A estrada que dá acesso ao sítio recebeu calçamento com pedras irregulares e no terreno onde ele planta soja e milho foi feito terraceamento para a conservação do solo. O próprio Deoclécio deu mais detalhes a respeito das melhorias realizadas em sua propriedade. // SONORA DEOCLECIO JACOMELII // Esta foi uma das dezesseis mil propriedades paranaenses beneficiadas pelo Programa de Gestão do Solo e Água em Microbacias, promovido pela Secretaria de Estado da Agricultura e do Abastecimento, com apoio dos municípios e financiamento do Banco Mundial. Entre 2014 e 2017, o governo estadual firmou 163 convênios com os municípios para a adoção de boas práticas para a preservação do solo e da água, para evitar erosões e a contaminação de microbacias que são usadas no abastecimento de água, como destacou o Secretário da Agricultura, Norberto Ortigara. // SONORA NORBERTO ORTIGARA // Foram investidos mais de 28 milhões de reais nas ações. A assistência técnica nas propriedades é feita pelo Instituto Paranaense de Assistência Técnica e Extensão Rural, Emater. Já a criação de vacas para produção de leite merece atenção especial em locais onde há nascentes ou riachos, porque os animais podem degradar essas áreas. A preservação das microbacias e o trabalho de assistência técnica promovido pela Emater contribuem com a sucessão rural, incentivando que as novas gerações permaneçam no campo. (Repórter: Vinícius Scorsin)


Recomendar esta página via e-mail: