Rádio - Notícias

26/12/2017

Estado investe na modernização da rede estadual de ensino


Para melhorar cada vez mais a qualidade do ensino para os cerca de um milhão de alunos, o Governo do Paraná intensificou os investimentos na modernização da rede estadual de ensino, além de promover eventos de capacitação profissional. Em dezembro, o Estado concluiu a compra de 10 mil novos computadores que vão ser distribuídos para as escolas. A medida faz parte do Programa Escola Conectada, criado para atualizar o parque tecnológico das escolas públicas. O governo disponibilizou 283 milhões de reais para a modernização. De acordo com a secretária estadual da Educação, professora Ana Seres, além da compra de novos computadores, impressoras e projetores, o Escola Conectada prevê a melhoria da rede lógica e de Internet para atender o administrativo das escolas, os professores e estudantes das duas mil e 100 unidades da rede estadual de ensino. Ana Seres também ressalta que outro programa importante voltado à melhoria da infraestrutura é o Escola Mil, que realiza melhorias e reparos em mil unidades, com repasse de 100 mil reais para cada uma.// SONORA ANA SERES.//Os cursos e eventos de formação promovidos pela Secretaria de Estado da Educação ao longo de 2017 beneficiaram em torno de 728 mil profissionais, entre diretores, professores e funcionários da educação pública paranaense. A professora Ana Seres destaca que as iniciativas buscam beneficiar os profissionais do ensino e, principalmente, os estudantes da rede de ensino. Segundo a secretária, o principal programa pedagógico, o Minha Escola Tem Ação, busca combater a evasão e fortalecer o desempenho dos alunos a partir de uma gestão escolar forte e com a participação da comunidade. Além disso, busca a formação dos profissionais da educação.// SONORA ANA SERES.//A secretária Ana Seres também menciona os avanços para os profissionais da área e faz uma avaliação positiva do ano com foco no aspecto pedagógico.// SONORA ANA SERES.// A professora Ana Seres confirmou que em breve vai ser realizado concurso público para agentes que trabalham com o administrativo escolar, além de novo chamamento de remanescentes do concurso para professores em 2013. Em relação aos investimentos, Ana Seres lembrou que o percentual mínimo para a educação é de 30% da receita, mas no Paraná chega a 35%, contando educação básica e ensino superior. O último levantamento, de 2016, aponta que na rede pública estadual o Ideb, Índice de Desenvolvimento da Educação Básica, passou de 3,4 no ensino médio para 3,6. Nos anos finais no ensino fundamental, subiu de 4,1 para 4,3 e avançou de 5,8 para 6,1 nos anos iniciais. O Ideb de 4,3 para os anos finais do fundamental é o melhor índice já alcançado pelas instituições públicas do Estado. Já o ensino médio nas instituições públicas passou da 8ª para a 5ª posição no cenário nacional. (Repórter: Amanda Laynes)


Recomendar esta página via e-mail: