Rádio - Notícias

14/11/2017

Paraná assume presidência do BRDE e quer ampliar oferta de recursos


Nos últimos sete anos, o Governo do Estado aumentou em 1.400% os recursos disponibilizados ao setor produtivo. A afirmação é do governador Beto Richa, que participou nesta terça-feira da cerimônia de posse do ex-governador Orlando Pessuti na presidência do BRDE, Banco Regional de Desenvolvimento do Extremo Sul. Os recursos mencionados pelo governador são do próprio BRDE e da Fomento Paraná, entidades de financiamento a projetos de diversos setores da economia. O governador também destacou a ampliação da capacidade de financiamento do banco.// SONORA BETO RICHA.// Ele também citou a capitalização do BRDE feita pelo Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul. Cada estado destinou 200 milhões de reais, totalizando 600 milhões de reais, que permitiram alavancar em sete vezes a capacidade de financiamento do banco. Como controladores do BRDE, os três estados da Região Sul estabeleceram governança colegiada na instituição, cabendo a cada estado assumir a presidência do Banco por um período de um ano e quatro meses. Orlando Pessuti era vice-presidente do BRDE e diretor administrativo da agência paranaense do banco. Agora na presidência ele substitui Odacir Klein, do Rio Grande do Sul. O novo presidente destacou o apoio do BRDE ao setor produtivo, em especial ao agronegócio.// SONORA ORLANDO PESSUTI.// Para o ex-presidente do Banco, Odacir Klein, o desafio da atual gestão é ampliar as fontes de recurso de financiamento.// ODACIR KLEIN.// Durante a posse, também foi assinado um memorando de entendimento entre o PNUD, Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento e o BRDE. A proposta é fortalecer a colaboração entre as partes em áreas de interesses comuns para promoção e alcance dos ODS, Objetivos de Desenvolvimento Sustentável, na Região Sul. Fundado em 1961, o BRDE tem 536 funcionários, três agências e dez espaços de divulgação nas capitais da Região Sul, e um escritório de representação em Campo Grande, no Mato Grosso do Sul e outro no Rio de Janeiro. O banco tem mais de 15 mil clientes ativos e está presente em mais de 90% dos municípios do Sul. Entre os apoiados do BRDE estão as indústrias, empresas de todos os portes, serviços, agronegócio e produções culturais. (Repórter: Leo Gomes)


Recomendar esta página via e-mail: