Rádio - Notícias

14/07/2017

Produção industrial paranaense cresceu 3,1% de janeiro a maio, segundo IBGE


A indústria paranaense seguiu em ritmo de recuperação em maio, com um crescimento de produção de 7,6% na comparação com o mesmo período do ano passado. Foi o segundo maior avanço do País, atrás apenas de Santa Catarina. Com isso, o resultado acumulado de janeiro a maio ficou positivo em 3,1%, o quarto maior do Brasil, atrás apenas de Rio de Janeiro, Santa Catarina e Espírito Santo. Os dados são da Pesquisa Industrial Mensal Produção Física - Regional divulgada essa semana pelo IBGE. O desempenho do Paraná ficou bem acima da média do Brasil, de crescimento de 0,5% nos primeiros cinco meses de 2017, e de 4% no mês. Segundo Francisco José Gouveia de Castro, diretor de Estatística do Ipardes, Instituto Paranaense de Desenvolvimento Econômico e Social, o resultado do Paraná foi puxado pelo setor de máquinas e equipamentos e automóveis.// SONORA FRANCISCO GOUVEIA DE CASTRO.// No mês de maio, a produção de máquinas e equipamentos cresceu 54,1% em relação ao mesmo período do ano passado; veículos automotores, reboques e carrocerias tiveram avanço de 43,5%; e o setor de minerais não metálicos cresceu 30,6%, sob influência do setor da construção, com a produção de tijolos e areia. Para Francisco Castro, a retomada da indústria já pode ser considerada uma tendência para o ano, depois da retração do setor sofrer com a crise econômica.// SONORA FRANCISCO GOUVEIA DE CASTRO.// A indústria já vem contribuindo, inclusive, para a retomada da economia do Estado. No primeiro trimestre, o PIB da indústria cresceu 3,1%, o que contribuiu para o crescimento de 2,5% da economia paranaense no período. Na mesma base de comparação, o PIB brasileiro registrou recuo de 0,4%. (Repórter: Amanda Laynes)


Recomendar esta página via e-mail: