Rádio - Notícias

21/06/2017

Paraná assina protocolo de intenções para defesa dos direitos dos refugiados


O Governo do Paraná assinou nesta quarta-feira um protocolo de intenções de caráter humanitário para promoção e defesa dos direitos dos migrantes, refugiados e apátridas que vivem no Estado. A assinatura aconteceu durante evento promovido pela Secretaria da Justiça, Trabalho e Direitos Humanos em comemoração ao Dia Mundial dos Refugiados. O secretário estadual da Justiça, Trabalho e Direitos Humanos Artagão Júnior, disse que o documento coloca em prática as garantias legais a quem chega ao Estado, como questões de visto, trabalho e educação. De acordo com ele, o Governo do Paraná vem concentrando esforços na construção e consolidação de políticas públicas voltadas a estas pessoas.//SONORA ARTAGÃO JUNIOR//Segundo informações da a Polícia Federal, 455 pessoas pediram refúgio no Paraná, apenas no ano passado. Entre estas pessoas, está Amr Houdaifa, que deixou a Siria por causa da guerra e veio para Curitiba em março de 2015. Aos 27 anos, formado em Jornalismo e Direito, trabalha fazendo comidas típicas para vender. Ele só conseguiu a permanência humanitária no Brasil. Amr sonha com o futuro e pretende fazer mestrado em Direito Internacional, pelo programa Hospitalidade, da Universidade Federal do Paraná. Ele disse que encontrou no Brasil uma terra para todos, mas que sonha um dia voltar para Síria. //SONORA AMR HOUDAIFA//Em 20 de junho é comemorado o Dia Mundial do Refugiado. A data foi instituída pela Organização das Nações Unidas, em 2000, para conscientizar os governantes e a população mundial para o problema daqueles que são obrigados a fugir por causa de perseguições em função de raça, naturalidade, religião, grupo social ou opinião política. (Repórter:Fernanda Nardo)


Recomendar esta página via e-mail: