Rádio - Notícias

17/02/2017

Campanha combate exploração sexual de crianças e adolescentes nas estradas


A exploração sexual de crianças e adolescentes nas estradas é o tema da campanha publicitária lançada nesta sexta-feira pela Secretaria da Família e Desenvolvimento Social. São diversas ações em todo o Paraná, com o objetivo de alertar a população a respeito desta prática nas rodovias paranaenses e incentivar as denúncias, principalmente no período de maior movimento nas estradas e no Carnaval. A iniciativa surgiu a partir de um estudo divulgado em 2014 pela Polícia Rodoviária Federal, que mapeou os pontos vulneráveis à exploração sexual de crianças e adolescentes nas rodovias federais brasileiras. O Paraná foi apontado como o terceiro estado com os maiores índices. A secretária da Família e Desenvolvimento Social, Fernanda Richa, afirma que a campanha busca contribuir para reduzir estes pontos no Estado e, assim, intensificar a proteção das crianças e adolescentes. // SONORA FERNANDA RICHA // Os dados do levantamento, referentes aos anos 2013 e2014, foram divulgados pelo Projeto Mapear, da Polícia Rodoviária, em parceria com a Childhood Brasil, Organização Internacional do Trabalho e Governo Federal. No Paraná, foram identificados 179 pontos vulneráveis à exploração sexual de crianças e adolescentes em trechos de rodovias federais. São estabelecimentos instalados às margens das estradas com características que podem facilitar esse tipo de crime. O alvo principal são as pessoas que circulam pelas rodovias. Fazem parte da campanha um vídeo publicitário para TV e redes sociais, folhetos informativos, cartazes e o site www.paranacontraexploracaosexual.pr.gov.br. São veiculados outdoors em 60 pontos das estradas do Estado, especialmente em locais onde foram identificados os pontos mais vulneráveis. A secretária ainda destacou o Governo do Estado investe para garantir às crianças e adolescentes um desenvolvimento saudável. // SONORA FERNANDA RICHA // Para denunciar, basta ligar para o número 181, o Disque-Denúncia. A ligação é gratuita e pode ser feita de qualquer município do Paraná. O atendimento funciona 24 horas, todos os dias da semana, com garantia de sigilo das informações e de quem faz a denúncia. A campanha conta com a parceria das concessionárias Ecovia Caminho do Mar e Ecocataratas, que distribuem folhetos nas praças de pedágio sob a administração das empresas. (Repórter: Gustavo Vaz)


Recomendar esta página via e-mail: