Rádio - Notícias

02/10/2016

Reforço do policiamento garante eleições tranquilas em todo o Paraná


Até as seis horas da tarde deste domingo, pouco mais de 200 pessoas foram encaminhadas pela Polícia Militar suspeitas de cometer crimes ou delitos eleitorais. Os policiais atenderam 267 ocorrências no Estado. As informações foram divulgadas pela Policia Militar. As ações fazem parte da Operação Eleições realizada com o objetivo de intensificar o policiamento. Em todo o Paraná, cerca de 10 mil homens das polícias Militar e Civil atuaram para garantir a segurança dos eleitores. O secretário da Segurança Pública do Paraná, Wagner Mesquita, em entrevista coletiva na sede do Tribunal Regional Eleitoral, afirmou que a eleição no Paraná ocorreu dentro dos padrões normais. // SONORA WAGNER MESQUITA // Das 267 ocorrências atendidas pela PM em todo o Estado, 18 se referiam à compra de voto, três por uso de som, comício, carreata, 81 por boca de urna; 32 por divulgação de propaganda eleitoral, quatro por transporte irregular; 102 por outros crimes previstos na lei eleitoral, além de 27 situações de outras naturezas, todas relacionadas com a eleição. Também foram apreendidos 1.465 materiais, sendo 1.439 santinhos ou panfletos, uma faixa, uma bandeira, 17 adesivos, três veículos e quatro brindes. Em Umuarama, no Noroeste, a PM encaminhou três pessoas ao 7º Distrito da Polícia Civil depois de encontrar com elas cerca de 13 mil reais em dinheiro, 37 comprovantes de abastecimentos com 10 litros cada, uma lista com nomes e números de títulos de eleitor, vários panfletos e adesivos. Em Curitiba, um homem vestido de Papai Noel foi encaminhado ao Fórum Eleitoral porque estava distribuindo balas dentro do local de votação e promovendo desordem no pleito eleitoral. No sábado, véspera da eleição, dois adolescentes de 11 anos foram encaminhados pelos policiais militares ao Conselho Tutelar por danificarem uma urna eletrônica num colégio na Cidade Industrial de Curitiba. (Repórter: Gustavo Vaz)


Recomendar esta página via e-mail: