Rádio - Notícias

28/06/2016

Farmácias do Paraná garantem acesso a medicamentos gratuitos


Cerca de 160 mil paranaenses recebem medicamentos de alto custo e uso contínuo gratuitamente através do programa Farmácia do Paraná, do Governo do Estado. Desde 2010, o número de usuários cadastrados aumentou em 50%, contemplando pacientes dos 399 municípios do Paraná. Somente no ano passado, o Paraná movimentou cerca de 781 milhões de reais na área de assistência farmacêutica, incluindo recursos para a compra de medicamentos, soros e vacinas e o repasse de incentivos às prefeituras. Em cinco anos, o investimento ultrapassa a marca de 3 bilhões de reais. No ano passado, o volume de distribuição foi o maior da história chegou a 166 milhões de unidades de medicamentos, soros e vacinas. A ação atende pessoas que estão em tratamento para mais de 80 doenças e condições clínicas, como Alzheimer, Parkinson, esclerose múltipla, esquizofrenia, artrite, asma grave e diabetes. São ofertados ainda medicamentos para terapia pós-transplante. O governo estadual também investiu pesado na estrutura física das sedes regionais. Entre as farmácias reestruturadas está a da Segunda Regional de Saúde, em Curitiba, que atende a população de 29 municípios. Com a mudança para um novo prédio, no ano passado, a unidade se tornou uma das maiores farmácias públicas do País. A chefe da unidade, Kelly Gusso Braga, afirma que a melhoria no atendimento foi muito grande. // SONORA KELLY BRAGA // A diretora do Departamento de Assistência Farmacêutica, Deise Pontarolli, afirma que a orientação profissional prestada na farmácia também contribui diretamente para maior efetividade e segurança do tratamento. // SONORA DEISE PONTAROLLI // Para melhorar o acesso ao medicamento, o Governo do Estado está descentralizando o processo de entrega. Agora, além das 22 unidades próprias da Farmácia do Paraná, o paciente pode retirar os medicamentos em farmácias municipais de 294 cidades paranaenses. (Repórter: Rodrigo Arend)


Recomendar esta página via e-mail: