Rádio - Notícias

31/05/2016

Hospitais Universitários do Paraná recebem 255 novos servidores


O governador Beto Richa oficializou a nomeação de 255 agentes universitários, aprovados em concursos públicos, para os Hospitais Universitários de Londrina, Maringá e do Oeste do Paraná. A convocação dos servidores começou a ser feita no Diário Oficial nesta terça-feira. Do total, são 94 para o Hospital Universitário Regional do Norte do Paraná, 138 para o Hospital Universitário Regional de Maringá e 23 para o Hospital Universitário do Oeste do Paraná. De acordo com o governador Beto Richa, a contratação dos novos agentes atende a uma importante reivindicação das universidades e da população de regiões beneficiadas pela ação dos hospitais universitários. Além disso, Beto Richa disse que o estado avançou muito na área da saúde, mas trabalha fortemente para qualificar ainda mais o atendimento nos hospitais paranaenses.// SONORA BETO RICHA.// O governador acrescentou, ainda, que o Governo do Estado está intensificando os aportes em saúde pública e nas universidades estaduais. Os hospitais universitários são referência em alta complexidade e atendem 100% pelo Sistema Único de Saúde, SUS. O secretário da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, João Carlos Gomes, disse que com as novas contratações, o Governo do Estado reafirma o compromisso de fortalecer o atendimento médico oferecido pelas universidades. Além disso, ele ressaltou a importância dessas instituições para a aprendizagem dos universitários.// SONORA JOÃO CARLOS GOMES.// Os novos servidores têm 30 dias para tomarem posse, seguidos de mais 30 dias para começarem o efetivo exercício do cargo. As novas contratações também são resultado da parceria com a secretaria de Saúde. Em Maringá, o hospital universitário é referência em atendimento pela Rede Mãe Paranaense e em diversas áreas, como Neuropediatria, Reumatologia, Hematologia, Urgência e Emergência. O Hospital Universitário de Londrina realizou, no ano passado, mais de 30 mil consultas somente no Pronto Socorro e aproximadamente 11 mil internações. Em Cascavel, os serviços hospitalares prestados pelo Hospital abrangem muitas ações assistenciais na área da saúde, sendo referência regional em alta complexidade nas áreas de gestação de alto risco, ortopedia e traumatologia, cirurgia vascular, neurologia e neurocirurgia e tratamento em portadores de HIV. (Repórter: Amanda Laynes)


Recomendar esta página via e-mail: