Rádio - Notícias

25/05/2016

Agronegócio já representa 80% das receitas com exportações do Paraná


O agronegócio impulsionou o aumento das exportações paranaenses nos primeiros quatro meses deste ano. Levantamento feito pelo Departamento de Economia Rural, da Secretaria de Estado da Agricultura e do Abastecimento, aponta que a participação do setor representa cerca de 80% das receitas com as exportações totais do Estado. O levantamento foi feito com base em informações do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comeŕcio Exterior. No total, as exportações paranaenses geraram receita de cerca de 4 bilhões de dólares, dos quais cerca de 3 bilhões e 880 milhões de dólares são de produtos do agronegócio. Segundo o diretor do Deral, Francisco Simioni, com a desvalorização do real frente ao dólar, os países da Europa, América do Norte e Oriente Médio passaram a ser grandes consumidores de produtos do agronegócio paranaense. Ele disse que o bom desempenho é reflexo do grau de especialização, inovação e capacidade de agregação e valor conquistado pela cadeia produtiva. //SONORA FRANCISCO SIMIONI//As receitas totais da exportação tiveram aumento de 10,7% em relação ao mesmo período de 2015. A tendência é que o volume de embarques continue positivo. Simioni disse que essa condição movimenta a economia do Estado e gera empregos. //SONORA FRANCISCO SIMIONI//No período, o volume exportado de soja registrou aumento de 74% em relação ao primeiro quadrimestre do ano passado. Foram 3,95 milhões de toneladas neste ano. O segundo maior produto da pauta de exportações do agronegócio são as carnes, lideradas pelo frango, no qual o Estado ocupa o primeiro lugar no ranking exportador. Foram enviadas ao mercado externo 520 mil toneladas, com receita equivalente a 721 milhões de dólares. O complexo florestal está em terceiro lugar, com uma participação de 8,4% e o complexo sucroalcooleiro, com participação de 5,1%. (Repórter: Fernanda Nardo)


Recomendar esta página via e-mail: