Rádio - Notícias


07/05/2015
Secretária da Educação, Ana Seres, se reuniu com representantes da APP Sindicato

Representantes da direção da APP – Sindicato se reuniram, nesta quinta-feira, com a secretária de Estado da Educação, Ana Seres, para conversar sobre a retomada das aulas, o abono das faltas deste mês e demais demandas dos profissionais da educação. A reunião foi realizada na sede da Secretaria, na Vila Izabel, em Curitiba, e durou cerca de duas horas. Também participaram responsáveis pelas áreas de Recursos Humanos, jurídica e infraestrutura da Secretaria da Educação, além da direção e chefia de gabinete. A categoria apresentou solicitações relativas à realização de novo concurso público para professores e funcionários, aumento da hora-atividade, remuneração de professores temporários, salários e aposentadorias. Todos os temas serão avaliados pela secretária e demais áreas do governo, como é o caso da data-base dos servidores do Estado. Com relação à suspensão dos descontos das faltas nos salários neste mês, a secretária afirmou que encaminhou ao governador Beto Richa um pedido nesta quarta-feira. O pedido de suspensão se deve ao fato de que nem todos os diretores repassaram os relatórios com as ausências aos Núcleos Regionais de Educação, e alguns educadores teriam descontos já neste contracheque e outros não. Para evitar tratamento desigual, a secretária pediu a suspensão das faltas, por enquanto. Segundo ela, os descontos serão rediscutidos a partir da folha do mês que vem, pois a situação ainda depende do entendimento da Justiça em relação à greve. Ana Seres reiterou a disposição da Secretaria em dialogar com os servidores da Educação e reforçou o apelo pela volta às aulas, em benefício aos estudantes.// SONORA ANA SERES// Para compor o novo calendário escolar, já afetado pela primeira paralisação, a secretária da Educação afirmou que é necessário o fim da paralisação, pois só assim é possível o cálculo de dias de aula a serem repostos. Ela disse que vai ouvir os Núcleos Regionais de Educação para estudar alternativas, entre elas utilizar a semana das férias de julho, e talvez os sábados. Também serão ouvidos técnicos da Secretaria da Educação e representantes da categoria. O governo do Paraná já contratou mais de 23 mil e 600 novos profissionais para a educação, aprovados no último concurso público, em 2013. Somente neste ano, quase seis mil novos professores ingressaram na rede estadual. Além disso, a hora-atividade, o tempo reservado ao docente para preparar aulas, atividades em geral e corrigir provas e trabalhos, foi ampliada em 75%. (Repórter: Priscila Paganotto)






Salvar