Rádio - Notícias

18/02/2015

Microcrédito da Fomento Paraná impulsiona empreendimentos no campo e na cidade


Uma horta irrigada e uma estufa adquirida com recursos de uma linha de crédito da Fomento Paraná estão transformando a vida da agricultora Janete Correa da Costa, moradora de Porto Barreiro, no Centro-Sul do Estado. Com ajuda de assistentes sociais no Centro Regional de Assistência Social, Cras, Janete recebeu orientação financeira e se habilitou a fazer um financiamento pela linha Paraná Juro Zero, para melhorar a renda familiar, que mal dava para pagar as contas e alimentar os três filhos e o marido. Janete usou o dinheiro para comprar telas, lona, um sistema de irrigação, enxadas e arame. Ela disse que, com a horta, vai poder cultivar diversas frutas e legumes.// SONORA JANETE CORREA DA COSTA.//Com o início da produção e a venda em mercados da região, as finanças da família já melhoraram. Para a secretária de assistência social de Porto Barreiro, Vanete Maria da Rosa, o crédito do Paraná Juro Zero foi fundamental para melhorar a vida da família da Janete. // SONORA VANETE MARIA DA ROSA.//O crédito de baixo custo da Fomento Paraná também beneficia microempreendedores da área urbana de Porto Barreiro. A cabeleireira Elenir Mognon fez um microcrédito para financiar a compra de novos equipamentos para o salão de beleza que possui há 8 anos. Agora ela consegue fazer tratamentos estéticos que não oferecia antes. Elenir disse que a ampliação da estrutura possibilitou um melhor atendimento para o cliente.// SONORA ELENIR MOGNON.//O programa Paraná Juro Zero foi criado para atender famílias cadastradas em programas sociais e que apresentam perfil empreendedor. O crédito disponível varia entre 300 e 4 mil reais e pode ser usado para financiar a compra de mercadorias e matérias-primas para revenda, para obras e reformas e na aquisição de máquinas e equipamentos. Desde janeiro de 2011, o programa de microcrédito da Fomento Paraná, que engloba a linha Paraná Juro Zero entre outras, já liberou 104 milhões de reais para empreendedores paranaenses. São mais de 10.500 microempresários do comércio, da indústria, do setor de serviços e agricultores familiares beneficiados. (Repórter: Juliano Gondim)


Recomendar esta página via e-mail: