Rádio - Notícias

04/01/2012

Governo do Paraná quer a Unespar como centro de formação de professores


O Governo do Paraná quer fazer da Universidade Estadual do Paraná, a Unespar, um centro de excelência na formação de profissionais de educação. A nova universidade, que deverá ser credenciada pelo Conselho Estadual de Educação no primeiro semestre deste ano, será formada pela união de sete faculdades estaduais, mais a Academia Policial Militar do Guatupê. O secretário estadual da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, Alípio Leal Neto, afirmou que, dos 64 cursos de graduação hoje mantidos pelas instituições que vão formar a Unespar, 33 são licenciaturas, para formar professores qualificados. A Unespar será a sétima universidade pública do sistema estadual. Criada por uma Lei Estadual em 2001, ela só agora começa a sair do papel e é a segunda do ranking de universidades estaduais, pelo critério de vagas de graduação presencial ofertadas por ano. No início, serão 600 professores, 12 mil alunos, 64 cursos de graduação, 36 de especialização, dois de mestrado e um doutorado. O secretário Alípio Leal diz que um dos desafios da nova instituição será reforçar a pesquisa.// SONORA ALÍPIO LEAL NETO// No que compete à Secretaria da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, o processo de implantação da Unespar está na última fase. No mês passado foi constituída a Comissão de Avaliação Externa, que tem um prazo de 90 dias para analisar a documentação de criação da universidade. A intenção é realizar, neste ano, a eleição do primeiro reitor e o primeiro vestibular. (Repórter: Priscila Paganotto)


Recomendar esta página via e-mail: